ECONOMIA

Guedes acredita que reforma da Previdência será resolvida em 3 ou 4 meses

25 Mar 2019 - 16h44Por Fabrício de Castro e Idiana Tomazelli

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 25, acreditar que, em "três ou quatro meses" a questão da reforma da Previdência estará resolvida. Em evento da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), ele pediu ainda ajuda para que o projeto passe no Congresso.

"Precisamos de muita ajuda, todo mundo tem que ajudar. Da mesma forma que pediram ao presidente da Câmara, do Senado, pedimos a vocês que nos ajudem, que conversem com os deputados. A pauta é boa. Para em três ou quatro meses, o pior já ter passado", afirmou.

Guedes afirmou ainda que os empregos já estão retornando no Brasil, antes mesmo de a reforma ter passado. Ele citou ainda que, após a reforma da Previdência, o governo irá investir no pacto federativo e, depois, na reforma tributária. "Já está tudo pronto", disse, em relação à reforma tributária. "Estamos juntando isso tudo em um imposto único. São 8 ou 9 tributos que não são compartilhados e serão unificados", afirmou.

Guedes afirmou ainda que deve anunciar, nos próximos dias, mudanças no fundo social do pré-sal. "Hoje, 100% é da União. Não quero falar o que faremos para não dizer que estamos comprando votos", comentou, "mas vamos pegar pelo menos 70% para Estados e municípios". Este porcentual já havia sido antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. "Quem governa o Brasil é a República Federativa", acrescentou.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, participam da 75ª reunião geral da FNP.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Programa de Microcrédito de Jaraguá já tem adesão de instituição financeira

Termo de credenciamento da instituição foi assinado nesta quinta-feira
Programa de Microcrédito de Jaraguá já tem adesão de instituição financeira
Economia

Mais de 70% das indústrias têm dificuldades em conseguir matéria-prima

É o que revela pesquisa feita pela CNI
Mais de 70% das indústrias têm dificuldades em conseguir matéria-prima
Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro

Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Educação

Sicredi lança plataforma digital com cursos gratuitos para associados 

São mais de cem possibilidades de cursos
Sicredi lança plataforma digital com cursos gratuitos para associados 
Ver mais de Economia