Economia

Governo federal apresenta proposta para baratear combustível

Proposta foi entregue ao ministro de Minas e Energia e pretende alterar a forma como ICMS é cobrado

15 Jan 2020 - 19h08Por Agência do Rádio Mais
Governo federal apresenta proposta para baratear combustível - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nessa quarta-feira (15) que pretende alterar a forma de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, dos combustíveis. Segundo ele, a proposta foi apresentada ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. 

Hoje, o imposto é cobrado no momento da venda do combustível no posto de gasolina. Bolsonaro argumenta que a cobrança deveria ser feita no valor do combustível vendido na refinaria. 

Bolsonaro afirmou, ainda, que outra medida para baratear o combustível seria permitir a venda direta de combustíveis, como etanol e gasolina, do fornecedor para o posto, sem passar por distribuidoras. Sobre esse assunto, ele afirmou estar conversando com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

O ICMS é um imposto estadual e as tarifas variam de acordo com a mercadoria. Qualquer alteração no modelo depende de aprovação do Congresso Nacional.  

Matérias Relacionadas

Economia

Lunelli sanciona lei que institui o Sandbox Regulatório

Jaraguá do Sul é um dos primeiros municípios a aprovar esta lei. O objetivo é possibilitar que empresas, já constituídas, tenham autorização temporária para testar negócios inovadores
Lunelli sanciona lei que institui o Sandbox Regulatório
Economia

CDL de Jaraguá lança campanha "Lembranças pra toda vida" para o Dia dos Avós

A data tem se consolidado no calendário do varejo com aumento expressivo nas vendas ao longo dos últimos anos
CDL de Jaraguá lança campanha "Lembranças pra toda vida" para o Dia dos Avós
Economia

SC registra crescimento de 47,63% no saldo de novas empresas no primeiro semestre

Foram 107.268 empreendimentos constituídos e 32.431 extintos em Santa Catarina no primeiro semestre de 2021
SC registra crescimento de 47,63% no saldo de novas empresas no primeiro semestre
Geral

Advogado esclarece lei que regulamenta uso de dados pessoais na plenária da ACIAG

A LGPD regulamenta o uso de dados pessoais no Brasil, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade
Advogado esclarece lei que regulamenta uso de dados pessoais na plenária da ACIAG
Ver mais de Economia