Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Governo estuda situação da Ford no ABC, mas não fala em incentivos, diz Mourão

01 Mar 2019 - 17h37Por Mariana Haubert

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que, por enquanto, o governo não deve dar incentivos para evitar o fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP), que tem 3 mil funcionários. Ele, no entanto, disse que o governo está estudando a situação, que é "preocupante".

"Toda vez que vai haver aumento do desemprego, preocupa o governo. Estamos estudando esse assunto porque é uma empresa privada e, neste caso, é questão de desoneração e tributos. Então, temos que dar uma estudada nisso", disse ele.

Questionado se poderia haver algum incentivo específico para não se fechar a fábrica, Mourão disse que, por enquanto, isso está "fora de questão".

No período da manhã, Mourão recebeu o presidente e o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Firmino de Santana e Paulo Aparecido Silva Cayres, o secretário-geral da CUT, Sérgio Aparecido Nobre, e o diretor da entidade, Adalto Oliveira, para discutir a questão da fábrica da Ford.

Na semana passada, a Ford anunciou o fechamento da fábrica. Em comunicado, a empresa informou que vai deixar de produzir caminhões e também o carro compacto Fiesta, ambos feitos na planta pertencente à montadora americana desde 1967, quando a adquiriu a Willys Overland do Brasil.

Guaidó

Sobre a visita do líder de oposição venezuelano, Juan Guaidó, ao Brasil nesta quinta, Mourão afirmou que ele está sendo reconhecido como o presidente real da Venezuela. "Ele veio aqui mostrar para os venezuelanos que ele é recebido pelo presidente brasileiro", disse.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Contribuinte pode destinar parte do IR para projetos sociais de Guaramirim

Todas as pessoas físicas podem fazer doações de recursos financeiros aos Fundos Municipais
Contribuinte pode destinar parte do IR para projetos sociais de Guaramirim
Economia

Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol

Álcool acumula aumento de 21% desde janeiro
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
Economia

Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro

Setor teve expansão de 0,8% na média móvel trimestral
Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro
Economia

Em nova coleção, Malwee aposta em versatilidade e moda atemporal

Marca apresenta peças atemporais como moletons, malhas texturizadas, calças jogger, jeans e tricôs clássicos para serem usados por vários invernos
Em nova coleção, Malwee aposta em versatilidade e moda atemporal
Ver mais de Economia