Sob Rodas
Economia

Governo afirma que IPVA cobrado em Santa Catarina não sofre reajuste

Entenda o aumento no valor a ser pago este ano, em comparação ao ano passado.

20 Jan 2022 - 08h38Por Ricardo Rabuske
Governo afirma que IPVA cobrado em Santa Catarina não sofre reajuste - Crédito: SecomGoverno afirma que IPVA cobrado em Santa Catarina não sofre reajuste - Crédito: Secom

Em nota, o Governo de Santa Catarina explicou que não reajustou o valor do IPVA. Segundo o Estado, a alíquota do imposto no estado continua sendo entre 1% e 2% do preço de mercado do veículo. O tributo pago em território catarinense é inferior ao pago na maioria dos Estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
 

GNet

O aumento no valor a ser pago este ano, em comparação ao ano passado, deve-se à valorização do preço dos veículos seminovos e usados nos últimos meses, definido pela tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou do Telegram!

GNet

Matérias Relacionadas

Geral

Marisol completa 58 anos de atuação e mira para um futuro ainda mais tecnológico e inovador

A empresa, voltada ao público infantil, também investe em projetos sociais que promovem o desenvolvimento, a educação e o estímulo às individualidades das crianças
Marisol completa 58 anos de atuação e mira para um futuro ainda mais tecnológico e inovador
Economia

Preços das passagens do transporte coletivo podem ultrapassar os R$ 7 em SC

Municípios tem feito aportes para não alterar o preço
Preços das passagens do transporte coletivo podem ultrapassar os R$ 7 em SC
Política

Reunião discute criação de Fundo Constitucional de investimentos para a Região Sul

Deputado Carlos Chiodini (MDB) participou do encontro
Reunião discute criação de Fundo Constitucional de investimentos para a Região Sul
Economia

Trabalhadores nascidos em junho podem sacar até R$ 1 mil no FGTS

Caixa fará o depósito em poupança digital
Trabalhadores nascidos em junho podem sacar até R$ 1 mil no FGTS
Ver mais de Economia