Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Ghosn paga fiança e deve ser libertado ainda nesta quarta-feira

06 Mar 2019 - 03h37Por Associated Press

O executivo brasileiro Carlos Ghosn pagou uma fiança de 1 bilhão de ienes (R$ 33,8 milhões) e deve deixar a prisão em Tóquio ainda nesta quarta-feira, 6. O ex-presidente do conselho de administração da Nissan está preso na capital japonesa há 108 dias, acusado de falsificar informes sobre seus rendimentos e de ter se beneficiado pessoalmente de recursos da montadora.

A Corte Distrital de Tóquio garantiu na terça-feira, 5, a possibilidade de Ghosn ser liberado sob fiança. Dois pedidos semelhantes haviam sido rejeitados nas últimas semanas. Desde então, o executivo trocou de advogados e passou a fazer críticas sobre o sistema judicial japonês, que considera injusto.

Ghosn deverá ser julgado daqui a pelo menos seis meses. Ele nega ter cometido irregularidades.

Matérias Relacionadas

Economia

Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial

Esta é a primeira loja da rede no estado sergipano. Atualmente, a Havan está presente em 18 estados brasileiros, mais o Distrito Federal
Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial
Economia

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel
Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário começa nesta sexta-feira, para nascidos em janeiro
Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Ver mais de Economia