ECONOMIA

Ghosn paga fiança e deve ser libertado ainda nesta quarta-feira

06 Mar 2019 - 03h37Por Associated Press

O executivo brasileiro Carlos Ghosn pagou uma fiança de 1 bilhão de ienes (R$ 33,8 milhões) e deve deixar a prisão em Tóquio ainda nesta quarta-feira, 6. O ex-presidente do conselho de administração da Nissan está preso na capital japonesa há 108 dias, acusado de falsificar informes sobre seus rendimentos e de ter se beneficiado pessoalmente de recursos da montadora.

A Corte Distrital de Tóquio garantiu na terça-feira, 5, a possibilidade de Ghosn ser liberado sob fiança. Dois pedidos semelhantes haviam sido rejeitados nas últimas semanas. Desde então, o executivo trocou de advogados e passou a fazer críticas sobre o sistema judicial japonês, que considera injusto.

Ghosn deverá ser julgado daqui a pelo menos seis meses. Ele nega ter cometido irregularidades.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Joinville tem toque de recolher das 22h às 6h

Neste período, apenas pessoas em deslocamento para o trabalho ou usuários dos serviços essenciais de saúde podem circular nas ruas
Joinville tem toque de recolher das 22h às 6h
Economia

Receita esclarece como declarar redução de jornada no Imposto de Renda

Contribuinte deve conferir valores na Carteira de Trabalho Digital
Receita esclarece como declarar redução de jornada no Imposto de Renda
Economia

Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes

Expectativa é que benefício comece a ser pago ainda neste mês
Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes
Economia

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias

Sexto aumento da gasolina do ano é da ordem de 9,2% para R$ 2,84
Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias
Ver mais de Economia