Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Gastos com Educação sobem 3,53% em fevereiro e pressionam IPCA, diz IBGE

12 Mar 2019 - 11h42Por Daniela Amorim

Os reajustes das mensalidades escolares, que ocorrem tradicionalmente no mês de fevereiro, pressionaram a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados nesta terça-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os gastos das famílias com Educação subiram 3,53% no último mês, uma contribuição de 0,17 ponto porcentual para a taxa de 0,43% registrada pelo IPCA. Apesar do avanço, a taxa do grupo foi a menor para meses de fevereiro desde 2008, quando tinha aumentado 3,47%.

"Geralmente, (o grupo) Educação repassa a inflação acumulada no ano anterior. Como a inflação foi menor, o reajuste é menor. E tem muitos estabelecimentos que estão segurando reajustes para não perder aluno", explicou Fernando Gonçalves, gerente no Sistema Nacional de Índices de Preços do IBGE.

Os cursos regulares, que incluem as mensalidades escolares, subiram 4,58% em fevereiro, item de maior impacto no IPCA do mês, uma contribuição de 0,15 ponto porcentual para a inflação.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial

Esta é a primeira loja da rede no estado sergipano. Atualmente, a Havan está presente em 18 estados brasileiros, mais o Distrito Federal
Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial
Economia

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel
Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário começa nesta sexta-feira, para nascidos em janeiro
Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Ver mais de Economia