GNet
Economia

Futuros moradores do condomínio Santa Luzia conhecem o local

A expectativa que o sorteio das unidades ocorra entre 30 a 60 dias e a entrega dos imóveis entre o fim deste ano e janeiro de 2022

15 Out 2021 - 17h53Por Ricardo Rabuske
Futuros moradores do condomínio Santa Luzia conhecem o local - Crédito: Divulgação PMJSFuturos moradores do condomínio Santa Luzia conhecem o local - Crédito: Divulgação PMJS

A Diretoria de Habitação da Secretaria de Assistência Social e Habitação de Jaraguá do Sul promoveu na tarde desta quinta-feira (14) a visitação dos futuros moradores contemplados para residir no Condomínio Residencial Santa Luzia ao conjunto de apartamentos que serão futuramente entregue a essas famílias. A ação foi acompanhada pelo secretário de Assistência Social e Habitação, André de Carvalho Ferreira, pelo diretor de Habitação, Vanderlei Balsanelli, o engenheiro da Construtora Roma responsável pela obra, Willians Benetti, além das equipes da pasta que orientaram os mutuários nas visitas às dependências do residencial.

Em setembro, os moradores do Santa Luzia já haviam participado de outro encontro, no Parque de Eventos, para tratar questões condominiais, entre outros assuntos. “Já nesta quarta, nós chamamos os selecionados, em torno de 100 famílias, e nossas equipes estão acompanhando essas famílias para visitar alguns desses apartamentos para eles terem esse primeiro contato antes do sorteio e a assinatura do contrato com Caixa Econômica Federal”, explicou Balsanelli.

Já o sorteio – para saber quem irá morar em qual andar, definição dos apartamentos por família - deve ocorrer entre 30 a 60 dias no máximo tão logo a construtora finalize toda documentação necessária. “A Caixa já está preparada com os contratos. Então, esse sorteio deve ocorrer muito em breve. Já entrega dos imóveis aos contemplados deve acontecer no final desse ano, nas primeiras semanas de dezembro ou na primeira quinzena de janeiro”, projetou o diretor de Habitação.

O novo condomínio, destinado para a Faixa 1, com renda familiar máxima de R$ 1,8 mil, está localizado na Rua Ermínio Nicolini, no bairro Santa Luzia. Reúne cinco blocos de quatro pavimentos, com 31 apartamentos cada, totalizando 155 unidades habitacionais. Além dos apartamentos com 49,47 e 49 metros quadrados, o condomínio também terá dois salões de festa com 80,50 metros quadrados cada, playground com 120 metros quadrados, portaria e 155 vagas de estacionamento.

Por problemas com a construtora anterior e indefinições do Governo Federal quanto ao orçamento do Programa Minha Casa Minha Vida, a obra, com orçamento inicial de 9,3 milhões, ficou paralisada de 2018 a 2020. Em agosto de 2020 houve a retomada dos trabalhos pela atual construtora, após o repasse de recursos do Fundo Municipal de Habitação para o Fundo de Arrendamento Habitacional (FAR), no montante de R$ 371.315,00. Já o processo de seleção das famílias teve início em julho de 2017.O investimento total chegou próximo aos R$12 milhões de reais.

Mãe de dois filhos e atualmente residindo de aluguel na Ilha da Figueira, Andressa Silva aguarda ansiosamente o fim dessa espera e não vê a hora de se mudar para a casa nova. A exemplo de outros futuros moradores do condomínio, ela fez questão de participar da visitação. “É a realização de um sonho. Estou bem feliz e ansiosa de vir para cá com as crianças”, destacou. “Achei o apartamento espaçoso, sem falar que o condomínio também tem bastante espaço principalmente para a crianças brincarem, inclusive com parquinhos. Sem contar que tem escola e tudo mais pertinho”, sorriu.

Outra que esteve no local foi a dona de casa e também futura moradora Eliane Bassano. “Estou criando muita expectativa. Afinal, é um lugar bonito e não tão movimentado, o que é importante para ter um pouco mais de sossego. Não vejo a hora de mudar”, destacou a hoje residente do bairro Czerniewicz.

O secretário André Ferreira também avaliou a visitação aos apartamentos. “Para essas famílias é um momento bastante importante conhecer o possível imóvel onde irão ocupar”, disse. “Em relação a outros aspectos, como as questões de acessibilidade, são o resultado de uma grande articulação da Diretoria de Habitação por meio de seus profissionais que conduziram esse trabalho para hoje termos esse atendimento praticamente concluído com moradias de qualidade.”

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou do Telegram!

GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Economia

Começa a Compra Premiada em Guaramirim

Ação vai distribuir R$ 42 mil em prêmios
Começa a Compra Premiada em Guaramirim
Economia

Jaraguá é destaque entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios

Revista Exame aponta que avanço na vacinação contra a covid-19 trouxe reflexos na economia
Jaraguá é destaque entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios
Economia

Liminar suspende crédito consignado sem autorização

Para falar mais sobre o assunto, nós recebemos no Diário da Jaraguá desta sexta-feira (26) o diretor do Procon de Jaraguá do Sul Ronnie Lux
Liminar suspende crédito consignado sem autorização
Ver mais de Economia