Delivery Much
ECONOMIA

Francischini cobra coerência de Ivan Valente em sessão da CCJ

23 Abr 2019 - 17h00Por Adriana Fernandes, Idiana Tomazelli e Camila Turtelli

Diante da tentativa da oposição de barrar a tramitação da reforma da Previdência por conta da ausência de detalhes nos cálculos, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), resgatou uma questão de ordem feita no fim do ano passado pelo líder do PSOL, Ivan Valente (SP), contra a devolução de propostas por desrespeitar a exigência de estimativa de impacto orçamentário e financeiro prevista na emenda do teto de gastos.

"Ivan Valente fez uma questão de ordem no sentido contrário do que agora prega. Não pode haver dois pesos e duas medidas, temos que ter coerência", afirmou Francischini, que foi aplaudido por deputados favoráveis à reforma.

Minutos antes, a deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ) reclamava do fato de ter pedido informações detalhadas da reforma ao Ministério da Economia, mas ainda não teve resposta completa. "Não podemos dar cheque em branco a governo nenhum, perguntar não ofende ninguém. Não podemos simplesmente passar a bola", disse. "Temos direito de ter acesso aos números, o povo brasileiro tem o direito de ter acesso aos números."

Vamos votar

Relator da reforma da Previdência do governo Michel Temer, o deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA) disse que a oposição já exauriu seu tempo de obstrução e que todos puderam falar. "Temos que ir à votação, membros da oposição podem votar contra. Pode vir a informação que vier do ministro Paulo Guedes, vão votar contra, é um direito", disse. "Não vamos convencer quem não quer ser convencido", bradou Arthur Maia.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país

O Estado apresentou resultado positivo em quatro indicadores da indústria no acumulado de 2020
Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país
Economia

Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31

Bolsa caiu 1,44% em dia de ajustes
Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31
Geral

Bolsonaro sanciona lei do programa Casa Verde e Amarela

Norma regulamenta novo programa habitacional do governo federal
Economia

Santa Catarina amplia em 35% as exportações de carne suína em 2020

Os números são divulgados pelo Ministério da Economia e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa)
Santa Catarina amplia em 35% as exportações de carne suína em 2020
Ver mais de Economia