transito
ECONOMIA

França se diz favorável a fusão Renault-Fiat, mas quer avaliar condições

27 Mai 2019 - 07h37

O governo da França se mostrou favorável à proposta de fusão entre a ítalo-americana Fiat Chrysler Automobiles e a francesa Renault, segundo declarações desta segunda-feira da porta-voz Sibeth Ndiaye.

O governo é favorável ao projeto, mas tem de "olhar as condições nas quais o acordo será feito", comentou a porta-voz durante entrevista ao canal de negócios da TV francesa BFTMTV e à rádio RMC. "Esta é uma discussão que teremos, também como acionistas da Renault, com a companhia", acrescentou ela.

O ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, se reuniu com o executivo-chefe da Renault, Jean-Dominique Senard, no fim da semana passada para falar sobre a fusão proposta, comentou Ndiaye.

O governo da França é o principal acionista da Renault, com uma fatia de 15% na fabricante de automóveis. Fonte: Dow Jones Newswires.

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões
Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia

Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio

Esse é o segundo resultado positivo consecutivo, apurado pela CNC
Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio
Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Ver mais de Economia