Prates
Caraguá
ECONOMIA

Fluxo total de veículos nas estradas cai 0,4% em fevereiro, diz ABCR

11 Mar 2019 - 11h44Por Francisco Carlos de Assis

O fluxo total de veículos nas estradas com pedágio do Brasil caiu 0,4% em fevereiro na comparação com janeiro, já descontados os efeitos sazonais, segundo o Índice ABCR de Atividade, calculado pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e Tendências Consultoria Integrada. Segundo o indicador, o fluxo de leves recuou 0,5% e as passagens dos veículos pesados também diminuíram 0,5% de janeiro para fevereiro, também considerados os ajustes sazonais.

"Os resultados dos indicadores de fluxo foram afetados com a mudança da data do feriado de carnaval deste ano em relação ao anterior", diz Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria, lembrando que em 2019, o feriado ocorreu em março, diferente de 2018 (fevereiro).

Apesar da leve queda no índice, o analista observa o resultado do mês como um indicador da devolução parcial dos ganhos observados em janeiro. "Tal quadro é compatível com o ritmo ainda lento de retomada da atividade econômica no início deste ano", pondera.

Em relação a igual período de 2018, o índice total variou positivamente 0,4%. O efeito calendário, afirma Xavier, impactou sobretudo nessa métrica interanual. Enquanto o fluxo pedagiado de veículos leves registrou queda de 2,3%, o fluxo de pesados teve avanço de 7,7%.

Nos últimos 12 meses, houve contração do índice total de 2%, exclusivamente ditado pela queda de 2,9% de leves, a despeito da elevação de 0,6% dos veículos pesados, calcula Xavier.

No acumulado de janeiro e fevereiro, o fluxo total de veículos nas estradas pedagiadas subiu 1,3%, o dos leves ficou estável e o dos pesados cresceu 5,2%.

GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022

Confira o reajuste que será concedido aos trabalhadores
Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022
Geral

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões

Próximo sorteio será no sábado
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões
Economia

Governo afirma que IPVA cobrado em Santa Catarina não sofre reajuste

Entenda o aumento no valor a ser pago este ano, em comparação ao ano passado.
Governo afirma que IPVA cobrado em Santa Catarina não sofre reajuste
Economia

WEG vai abrir nova fábrica na Ásia

Previsão de inauguração é para o primeiro semestre deste ano
WEG vai abrir nova fábrica na Ásia
Ver mais de Economia