ECONOMIA

Flávio Bolsonaro usa espaço de pergunta na CAE para defender Previdência

26 Fev 2019 - 15h57Por Fabrício de Castro, Eduardo Rodrigues e Silvia Araujo

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) usou seu tempo de fala na sabatina do economista Roberto Campos Neto, indicado para a presidência do Banco Central, para elogiar as escolhas liberais do governo do presidente Jair Bolsonaro, seu pai, e defender a reforma da Previdência.

"Tenho a certeza de que teremos um BC independente, sem a interferência do governo em questões estratégicas da política monetária. Talvez o presidente Jair Bolsonaro tenha se encontrado uma ou duas vezes com o indicado. O Brasil finalmente vai tomar um rumo correto na economia sem interferência da política e sem um olhar criminoso sobre o empreendedor, como se fosse crime ganhar dinheiro", afirmou o senador. "Quando o Estado não atrapalha já está ajudando demais", completou.

Flávio aproveitou os dez minutos de seu tempo para também defender a aprovação da reforma da Previdência, entregue pelo governo ao Congresso na semana passada. Ele rebateu as acusações de que a proposta atual deixe idosos desamparados ao pagar apenas R$ 400 como Benefício de Prestação Continuada (BPC) entre os 60 e 70 anos de idade para as pessoas em situação de miserabilidade. Segundo ele, o discurso da oposição de que pobre será penalizado (na reforma) será dizimado em plenário.

"A intenção da reforma não é desamparar, mas sim proteger essas pessoas", argumentou. "Sem a reforma, o Brasil quebra em 15 anos. Ninguém está feliz em ter que apreciar a matéria, ninguém gostaria de fazer, mas é necessário fazer a reforma o quanto antes", completou.

Também passam por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) Bruno Serra Fernandes, que ocupará a Diretoria de Política Monetária, e João Manoel Pinho de Mello, que será o titular da Diretoria de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do BC.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março

Medida terá validade por 15 dias
Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março
Saúde

Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições

O Governo do Estado publicou o Decreto 1.172 nesta sexta-feira (26) suspendendo o funcionamento de serviços não essenciais das 23h desta sexta-feira (26) até às 6h de segunda-feira (1º)
Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições
Saúde

Governo decreta fechamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC

A decisão é mais uma medida do Executivo estadual para reforçar o enfrentamento ao coronavírus em um momento de agravamento da situação sanitária em Santa Catarina
Governo decreta fechamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC
Economia

Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul inova com lançamento do CDL BOX

Além de beneficiar clientes e lojistas, a ferramenta ainda servirá para ajudar instituições jaraguaenses cadastradas.
Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul inova com lançamento do CDL BOX
Ver mais de Economia