ECONOMIA

Fim da fábrica da Ford no ABC representa demissão de 2,8 mil, diz sindicato

19 Fev 2019 - 17h25Por André Ítalo Rocha

O encerramento da fábrica da Ford em São Bernardo, que ocorrerá ao longo de 2019, representa a demissão de 2,8 mil trabalhadores, segundo estimativa do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

A Ford informou que estima despesas não recorrentes de US$ 460 milhões em razão da decisão anunciada nesta terça-feira, 19, de encerrar as atividades no ABC.

A fábrica é a mais antiga em operação da montadora no Brasil.

A montadora disse que a decisão faz parte de um esforço para voltar a lucrar na América do Sul. Em balanço referente ao ano passado, a Ford apresentou prejuízo de US$ 678 milhões na região.

A fábrica de São Bernardo era responsável pela produção de caminhões da montadora.

No Brasil, a marca ocupava a quarta posição no segmento, com 12% de participação em 2018, atrás de Mercedes-Benz, Volkswagen e Volvo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Petrobras obtém lucro de mais de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre

Empresa aumentou produção de petróleo e gás natural em 3%
Petrobras obtém lucro de mais de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre
Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Economia

Weg abre inscrições para estágio

Programa de Estágio do segundo semestre de 2021 oferece vagas nas áreas técnicas, administrativas/ tecnologia da informação e engenharia
Weg abre inscrições para estágio
Economia

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

Parcela havia sido depositada em 27 de abril
Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
Ver mais de Economia