transito
Economia

FIESC encomenda estudos de melhorias de operação do Aeroporto de Chapecó

Objetivo é reduzir ou eliminar os cancelamentos de voos por falta de visibilidade ou outras restrições técnicas

22 Fev 2019 - 02h00Por FIESC

A FIESC defende que sejam tomadas ações que garantam a regularidade e a confiabilidade das operações no aeroporto de Chapecó. A entidade contratou estudos para estabelecer providências que proporcionem melhor condição operacional, incluindo alternativas de instrumentos de apoio para pousos e decolagens. O objetivo é reduzir ou eliminar os cancelamentos de voos por falta de visibilidade ou outras restrições técnicas. Outra frente da análise contempla a regularização do uso do pátio ampliado utilizado pelas aeronaves.

“Contratamos duas empresas para realizar os estudos. Consideramos que a garantia das operações seja a prioridade, para dar efetividade e segurança ao aeroporto”, disse o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, que participou de reunião com lideranças da região e o governador Carlos Moisés na manhã desta quinta-feira (21) na Casa da Agronômica, em Florianópolis.

Com a iniciativa, a FIESC pretende sensibilizar o governo estadual e lideranças políticas para a necessidade de alocação de recursos para a execução das obras imprescindíveis para melhorar a operação do aeroporto, que atende uma região composta por 1,3 milhão de habitantes. Com cerca de 45 mil empresas, que geram mais de 360 mil mil empregos, é uma região de extrema importância econômica para Santa Catarina, diz Aguiar. Em 2018, a economia do Oeste catarinense contribuiu para uma corrente de comércio exterior da ordem U$S 1,3 bilhão e gerou o equivalente a 17% do PIB de Santa Catarina.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões
Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia

Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio

Esse é o segundo resultado positivo consecutivo, apurado pela CNC
Intenção de Consumo das Famílias avança 1,3% em maio
Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Ver mais de Economia