ECONOMIA

FGV: Indicador Antecedente da Economia fecha janeiro em expansão de 2,9%

19 Fev 2019 - 15h55Por Caio Rinaldi

O Indicador Antecedente Composto da Economia (Iace) para o Brasil fechou o mês de janeiro em expansão de 2,9% na comparação com dezembro, aos 118,8 pontos, informou o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e The Conference Board (TCB).

Das oito séries componentes do indicador, sete contribuíram para a alta. Destaque para os índices de Expectativas da Indústria e de Serviços, que tiveram expansão de 6,1% e 5,6%, respectivamente.

Na mesma base de comparação, o Indicador Coincidente Composto da Economia (Icce), que mensura as condições atuais da economia, teve alta de 0,3%, marcando 103,0 pontos.

"A continuidade da lenta retomada no nível de atividades garantiu a variação positiva do Icce em janeiro, enquanto as expectativas em relação às reformas necessárias impulsionaram significativamente o Iace no período", avalia o economista do Ibre/FGV Paulo Picchetti. "A efetiva aprovação das reformas nos próximos meses é essencial para assegurar uma aceleração nesta retomada", diz Picchetti.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Preços de produtos industrializados sobem 3,36% em janeiro

Taxa é maior que índices de dezembro (0,39%) e janeiro de 2020 (0,35%)
Preços de produtos industrializados sobem 3,36% em janeiro
Polícia

Polícia apreende carga de camarão contrabandeado na BR 101, em Garuva

A carga contrabandeada era transportada sem refrigeração adequada e sem nenhum tipo de documentação
Polícia apreende carga de camarão contrabandeado na BR 101, em Garuva
Economia

Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias

Litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%)
Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias
Economia

Bolsonaro zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha

Medidas foram publicadas em edição extra do Diário Oficial
Bolsonaro zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
Ver mais de Economia