ECONOMIA

FGV: Indicador Antecedente da Economia fecha janeiro em expansão de 2,9%

19 Fev 2019 - 15h55Por Caio Rinaldi

O Indicador Antecedente Composto da Economia (Iace) para o Brasil fechou o mês de janeiro em expansão de 2,9% na comparação com dezembro, aos 118,8 pontos, informou o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e The Conference Board (TCB).

Das oito séries componentes do indicador, sete contribuíram para a alta. Destaque para os índices de Expectativas da Indústria e de Serviços, que tiveram expansão de 6,1% e 5,6%, respectivamente.

Na mesma base de comparação, o Indicador Coincidente Composto da Economia (Icce), que mensura as condições atuais da economia, teve alta de 0,3%, marcando 103,0 pontos.

"A continuidade da lenta retomada no nível de atividades garantiu a variação positiva do Icce em janeiro, enquanto as expectativas em relação às reformas necessárias impulsionaram significativamente o Iace no período", avalia o economista do Ibre/FGV Paulo Picchetti. "A efetiva aprovação das reformas nos próximos meses é essencial para assegurar uma aceleração nesta retomada", diz Picchetti.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Senado aprova suspensão no aumento de preço de medicamentos em 2021

Texto determina a reversão de reajustes já aplicados neste ano
Senado aprova suspensão no aumento de preço de medicamentos em 2021
Economia

Programa de redução de salário preserva 1,5 milhão de empregos

Empresas de serviço e de comércio têm usado mais programa do governo
Programa de redução de salário preserva 1,5 milhão de empregos
Economia

Petrobras obtém lucro de mais de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre

Empresa aumentou produção de petróleo e gás natural em 3%
Petrobras obtém lucro de mais de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre
Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Ver mais de Economia