ECONOMIA

Exaustão em contas públicas é notória em União, Estados e municípios, diz Marinho

27 Mar 2019 - 11h53Por Idiana Tomazelli

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou nesta quarta-feira, 27, que a "exaustão das contas públicas é notória" para justificar a necessidade de aprovação de uma reforma da Previdência robusta e com impacto fiscal significativo nos próximos anos.

Segundo ele, algumas pessoas comentam que a economia de ao menos R$ 1 trilhão almejada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, talvez seja um valor muito grande, mas ele ressaltou que o tamanho do buraco fiscal no Brasil pede uma reforma com essa potência.

"Sempre que o Brasil busca recursos emitindo dívida para suprir lacunas de despesas no Orçamento, aumentamos o serviço da dívida e pressionamos o Orçamento", disse ele. "Isso cada vez mais diminui a capacidade do governo de suprir necessidades da sociedade", acrescentou.

Para Marinho, diante da exaustão nas contas não só da União, mas também de Estados e municípios, há necessidade de "buscar sustentabilidade do sistema a médio e longo prazo".

O secretário participa nesta quarta-feira de audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia

O investimento do Executivo será superior a R$ 37 milhões, com recursos já garantidos no orçamento
Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia
Economia

Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp

Instituição financeira cooperativa oferece nova opção de transferência para os associados por meio de parceria com o Facebook
Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp
Geral

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil
Economia

Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado

Abono equivale ao 13º salário dos segurados
Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado
Ver mais de Economia