ECONOMIA

Energia elétrica sobe 1,14% no IPCA de fevereiro, mostra IBGE

12 Mar 2019 - 12h44Por Daniela Amorim

A tarifa de energia elétrica teve uma alta de 1,14% em fevereiro, uma contribuição de 0,04 ponto porcentual para a inflação do mês. Os dados são do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados nesta terça-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Houve aumentos nas alíquotas de PIS/Cofins na maioria das regiões pesquisadas. As variações da conta de luz ficaram entre a queda de 2,35% registrada em Aracaju até um avanço de 14,99% verificado em Rio Branco.

Desde dezembro de 2018, está em vigor a bandeira tarifária verde, que dispensa a cobrança adicional por quilowatt-hora consumido.

Os gastos das famílias com Habitação subiram 0,38% em fevereiro. Houve impacto ainda da elevação de 4,11% no gás encanado, em razão do reajuste médio de 11% na tarifa de São Paulo em vigor desde 1º de fevereiro. Por outro lado, o preço do gás de botijão recuou 0,72% no mês.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil
Economia

Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado

Abono equivale ao 13º salário dos segurados
Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado
Política

Administração de Schroeder presta contas dos primeiros 100 dias de gestão

Durante o encontro, os associados da Acias fizeram alguns questionamentos e foram prontamente esclarecidos
Administração de Schroeder presta contas dos primeiros 100 dias de gestão
Economia

Parceria entre WEG e Vale dá início a produção de eletrocentros em Minas Gerais

Contrato firmado entre WEG e Vale prevê o fornecimento de eletrocentros solares para implantação do Projeto Sol do Cerrado, um dos maiores parques de geração de energia fotovoltaica do Brasil
Parceria entre WEG e Vale dá início a produção de eletrocentros em Minas Gerais
Ver mais de Economia