dengue
ECONOMIA

Energia elétrica sobe 0,38% no IPCA-15 de fevereiro, após 4 meses de recuo

21 Fev 2019 - 12h41Por Daniela Amorim

A conta de luz voltou a subir em fevereiro, após quatro meses seguidos de recuo, segundo dados da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), divulgado nesta quinta-feira, 21, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A energia elétrica aumentou 0,38% este mês. Entre as regiões pesquisadas, as variações foram desde uma queda de 0,99% em Curitiba até a alta de 3,16% em Fortaleza.

Desde dezembro, permanece em vigor a bandeira tarifária verde, em que não há cobrança adicional na conta de luz, lembrou o IBGE.

O grupo Habitação passou de elevação de 0,08% em janeiro para 0,18% em fevereiro. O gás encanado ficou 3,91% mais caro, devido a reajustes no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Grupos em queda

Dois dos nove grupos do IPCA-15 registraram deflação em fevereiro, segundo os dados divulgados IBGE. As famílias gastaram menos no mês com Transportes (-0,46%, impacto de -0,09 p.p.) e Vestuário (-0,92%, uma contribuição de -0,05 p.p.).

Em Vestuário, tanto as roupas femininas (-1,40%) quanto as roupas masculinas (-0,76%) e infantis (-0,99%) ficaram mais baratas. Os calçados também registraram variação negativa no mês (-0,80%).

Direção oposta

Na direção oposta, além do grupo Habitação, houve também elevação de preços em Educação (3,52%), Alimentação e bebidas (0,64%), Saúde e cuidados pessoais (0,56%), Artigos de residência (0,47%), Despesas pessoais (0,30%) e Comunicação (0,05%).

Matérias Relacionadas

Economia

Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira

Agências serão reabertas na sexta
Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira
Economia

Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024

Projeção de expansão da economia está 2,05% este ano.
Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024
Economia

Após chuvas, Gramado tem mais de 500 hotéis e restaurantes fechados

Temporais e deslizamentos deixaram 1 mil desabrigados
Após chuvas, Gramado tem mais de 500 hotéis e restaurantes fechados
Política

Modal ferroviário é tema de debate na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Encontro foi proposto pelo deputado Antídio Lunelli, presidente da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Alesc
Modal ferroviário é tema de debate na Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Ver mais de Economia