ECONOMIA

Empresário do setor eletroeletrônico inicia 2019 mais confiante

25 Fev 2019 - 15h02Por Francisco Carlos de Assis

Pesquisa mais recente de sentimento feita com empresários da indústria do setor elétrico e eletrônico pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e compilada pela Abinee, entidade que congrega as empresas do segmento, mostrou em fevereiro os executivos ainda confiantes na economia brasileira, mas levemente menos otimistas que no ano passado. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) no mês passado atingiu 63,6 pontos, abaixo dos 65,1 pontos registrados em janeiro.

Embora o resultado tenha sido inferior ao registrado em janeiro, o ICEI permaneceu acima do observado em igual período do ano passado (60,7 pontos), indicando que o empresário industrial do setor eletroeletrônico iniciou o ano de 2019 mais confiante do que estava no começo de 2018.

Para o presidente da Abinee, Humberto Barbato, o resultado do ICEI em fevereiro em relação a janeiro é um indicativo de que se medidas que concorram para o destravamento da economia não forem tomadas rapidamente a confiança do empresário tende a ir diminuindo mês a mês.

"Apesar desse otimismo inicial, precisamos que medidas importantes para destravar a economia sejam tomadas rapidamente. Do contrário, veremos mês a mês esse índice arrefecer", avalia Barbato.

O ICEI do Setor Eletroeletrônico atingiu 63,6 pontos no mês de fevereiro e na área elétrica, 63,7 pontos.

Desta forma, o ICEI do setor permaneceu acima da linha dos 50 pontos pelo sétimo mês consecutivo. O Índice varia de 0 a 100 pontos, sendo que valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário industrial e abaixo de 50 pontos mostram falta de confiança.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado

Segundo Talita Beber, presidente da CDL Jaraguá do Sul, o comércio local está preparado com promoções, ações de vendas casadas e, com foco na segurança por causa da pandemia
Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado
Economia

Governo do Estado institui o Auxílio Catarina

Benefício emergencial será destinado a mais de 60 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica no estado
Governo do Estado institui o Auxílio Catarina
Economia

Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia

O investimento do Executivo será superior a R$ 37 milhões, com recursos já garantidos no orçamento
Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia
Economia

Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp

Instituição financeira cooperativa oferece nova opção de transferência para os associados por meio de parceria com o Facebook
Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp
Ver mais de Economia