Caraguá
Caraguá
ECONOMIA

Em meio à crise com o governo, Maia segue em Brasília nesta sexta-feira

22 Mar 2019 - 12h19Por Camila Turtelli

Após anunciar a interlocutores que, por ora, irá se afastar da articulação da Nova Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), segue em Brasília nesta sexta-feira, 22, e deve ficar na capital no sábado, 24, e domingo, 25. O deputado costuma ir ao Rio de Janeiro ao fim dos trabalhos da semana no Parlamento.

Apesar da permanência, não há em sua agenda qualquer encontro com representantes e equipe do governo, apenas eventos que serão realizados na Câmara.

Como o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) mostrou, irritado com os ataques que tem recebido nas redes sociais, com a falta de articulação do governo, além dos recentes embates com o ministro da Justiça, Sergio Moro, Maia ameaçou se afastar da articulação pela reforma da Previdência, pelo menos por enquanto.

O sentimento do presidente da Câmara, neste momento, é de indignação, segundo um aliado.

Ataques nas redes tentam classificar Maia como um autor da "velha política", que busca aprovar medidas em troca de favores, como cargos.

"Desafio o governo a mostrar um cargo que for que Maia tenha pedido", disse o aliado.

Os políticos mais próximos têm aconselhado que Maia se afaste totalmente da articulação.

A perspectiva entre os líderes partidários do Centrão é que não há nenhum outro nome que possa substituir Maia rapidamente no Congresso nesta articulação para tentar aprovar a Previdência, o que pode prejudicar significativamente o andamento da reforma.

GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre consulta a lote residual de restituições do IR

Contribuintes receberão crédito bancário no próximo dia 31
Receita abre consulta a lote residual de restituições do IR
Economia

Oportunidade de trabalho

Confira!
Oportunidade de trabalho
Segurança

Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix

Foram vazados dados cadastrais da Acesso Pagamentos
Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix
Economia

Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis

Em 2021, a gasolina e o diesel subiram 47%, Etanol acumula alta de 62%
Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis
Ver mais de Economia