Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Dinheiro para novos projetos ficou escasso

18 Mar 2019 - 12h38Por Douglas Gavras

A reversão de expectativas para a economia a partir de 2014 e os impactos da recessão na indústria, comércio e serviços pesaram nas previsões de investimentos para os próximos anos no Brasil. Os recursos devem ser direcionados cada vez mais para manutenção e modernização das unidades que já existem no País, em vez da construção de novas unidades.

Entre 2015 e 2018, os recursos, nacionais ou estrangeiros, previstos para a instalação de novas fábricas e unidades somaram US$ 105,6 bilhões. Já os recursos previstos para modernização das unidades já existentes eram de US$ 119,6 bilhões. Em 2018, apenas os investimentos estimados para esses projetos superaram os de 2014. Os recursos para inaugurações ficaram abaixo do que eram em 2014.

Os dados são da Rede Nacional de Informações sobre Investimento (Renai), do antigo Ministério da, Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

"Setores tradicionais têm um modelo de negócio sensível aos percalços da economia e há um movimento global em alguns deles, como o farmacêutico, de aumentar investimentos em países desenvolvidos. Dinheiro para novos projetos é cada vez mais escasso", diz o presidente da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas (Sobeet), Luis Afonso Fernandes Lima.

Nos últimos anos, os investimentos da indústria química têm ido mais para a modernização e manutenção das unidades já instaladas no País, em lugar da implantação de novos projetos, diz Fátima Ferreira, da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

Ela explica que o setor hoje tem 20% das fábricas com capacidade ociosa e acaba sendo um termômetro, por abastecer outras indústrias. "O País tem mercado interno e matéria-prima para atrair empresas, mas é preciso que a economia dê sinais claros de estabilidade." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro

Somente com ICMS, a soma foi de R$ 2,22 bilhões, de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) nesta quinta-feira (4)
Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro
Economia

IPTU 2021 vence dia 10 de março em Jaraguá

Quem optar pelo pagamento a vista terá desconto de 10%
Política

Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias

Obra é aguardada há 20 anos pela comunidade
Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias
Economia

Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete

Tabela foi publicada hoje no Diário Oficial da União
Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete
Ver mais de Economia