ECONOMIA

Desaceleração global afeta Japão e é apropriado manter relaxamento, diz Kuroda

15 Mar 2019 - 05h46Por Sergio Caldas

O presidente do Banco do Japão (BoJ, pela sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse nesta sexta-feira que as exportações e produção japonesas têm sido afetadas pela desaceleração da economia global, que, segundo ele, deverá começar a se recuperar na segunda metade deste ano. Kuroda avaliou, no entanto, que a demanda doméstica continua firme.

Mais cedo, o BoJ confirmou as expectativas e decidiu manter sua política monetária inalterada, incluindo a taxa de depósito de curto prazo em -0,1% e a meta para os juros dos bônus do governo japonês (JGBs, na sigla em inglês) em torno de zero.

Segundo Kuroda, que falou durante coletiva de imprensa que se seguiu à decisão, é "apropriado" que o banco central japonês mantenha as atuais condições de relaxamento monetário.

Kuroda também comentou que a meta de inflação de 2% estipulada pelo BoJ continua sendo "importante". O núcleo da inflação ao consumidor no Japão, medida preferida da instituição que exclui os preços de alimentos frescos, subiu apenas 0,8% na comparação anual de janeiro. Com informações da Dow Jones Newswires.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Programa de Microcrédito de Jaraguá já tem adesão de instituição financeira

Termo de credenciamento da instituição foi assinado nesta quinta-feira
Programa de Microcrédito de Jaraguá já tem adesão de instituição financeira
Economia

Mais de 70% das indústrias têm dificuldades em conseguir matéria-prima

É o que revela pesquisa feita pela CNI
Mais de 70% das indústrias têm dificuldades em conseguir matéria-prima
Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro

Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Educação

Sicredi lança plataforma digital com cursos gratuitos para associados 

São mais de cem possibilidades de cursos
Sicredi lança plataforma digital com cursos gratuitos para associados 
Ver mais de Economia