Economia

Confiança da indústria sobre 0.8 ponto e atinge maior nível desde agosto, revela FGV

A credibilidade subiu em 12 dos 19 segmentos da indústria pesquisados

26 Fev 2019 - 21h00Por Tainá Ferreira / Agência do Rádio
Confiança da indústria sobre 0.8 ponto e atinge maior nível desde agosto, revela FGV -

O índice de confiança da Indústria atingiu o maior nível desde agosto do ano passado. Segundo pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o indicador subiu 0.8 ponto de janeiro para fevereiro deste ano e chegou a 99 pontos, em uma escala de zero a duzentos pontos.

IPTU 2021 JARAGUÁ

A confiança subiu em 12 dos 19 segmentos da indústria pesquisados. O índice de confiança do empresário da indústria avançou de 1.8 ponto e foi para 98.8 pontos. Já a avaliação sobre o nível atual dos estoques subiu 4.7 pontos.

O Índice de Expectativas, por sua vez, recuou 0,3 ponto, para 99,2 pontos. A expectativa dos empresários em relação à evolução da situação dos negócios nos seis meses seguintes recuou 2,4 pontos.

Já o nível da Utilização da Capacidade Instalada subiu 0,4 ponto percentual em fevereiro, e chegou a 74,7%, registrando a primeira alta desde setembro do ano passado.

De acordo com a Fundação, a alta na confiança do empresário na indústria indica que o setor começa a se afastar do fraco desempenho do segundo semestre do ano passado.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

Reajuste será nas refinarias e entra em vigor amanhã
Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás
Economia

Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

Receita espera receber 32,6 mi de declarações até 30 de abril
Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

Mega-Sena sai para um apostador que ganha 49 milhões

Próximo sorteio será quarta-feira
Saúde

Entidades empresariais manifestam apoio ao decreto do Governo do Estado

Ver mais de Economia