Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Colheita atinge 52% da área plantada no Brasil em 2018/19

05 Mar 2019 - 14h00Por Nayara Figueiredo

A colheita da safra 2018/19 de soja atingiu 52% da área cultivada no Brasil até quinta-feira (28), informou a consultoria AgRural, ontem (4), em levantamento semanal.

Os trabalhos avançaram sete pontos porcentuais ante a semana anterior e continuam adiantados quando comparados com os 35% observados em igual período do ano passado e os 37% da média de cinco anos. Segundo a consultoria, o resultado poderia ter sido ainda melhor, se não fosse afetado pelas chuvas em diversos pontos do País.

"Por conta das chuvas, lotes têm chegado aos armazéns com umidade entre 18% e 22% em alguns Estados, mas os casos de grãos com qualidade perdida ainda são pontuais", diz a AgRural em nota. Entretanto, no Rio Grande do Sul e no Matopiba - região que compreende o Maranhão, Tocantins, Piauí e oeste da Bahia - as chuvas são benéficas pois vêm em áreas onde as lavouras estão em fase de enchimento dos grãos.

De acordo com a AgRural, a produção brasileira de soja está estimada em 112,5 milhões de toneladas na safra 2018/19. Neste mês, haverá uma nova revisão da perspectiva de produção, que já foi cortada em 4,4 milhões de toneladas no início de fevereiro.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes

Expectativa é que benefício comece a ser pago ainda neste mês
Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes
Economia

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias

Sexto aumento da gasolina do ano é da ordem de 9,2% para R$ 2,84
Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias
Política

Governo indica seis nomes para Conselho da Petrobras

Indicados serão apresentados à Assembleia Geral Extraordinária
Governo indica seis nomes para Conselho da Petrobras
Saúde

Supremo confirma vigência de medidas sanitárias contra a covid-19

Ministros mantiveram decisão de Lewandowski, de dezembro
Supremo confirma vigência de medidas sanitárias contra a covid-19
Ver mais de Economia