ECONOMIA

Ciro quer ser oposição que 'dialoga' com o governo

19 Fev 2019 - 15h36Por Gregory Prudenciano

Terceiro colocado na corrida presidencial de 2018, o ex-governador Ciro Gomes (PDT-CE) defendeu que a oposição abandone a "intransigência" e se disponha a dialogar com a situação. A fala do ex-presidenciável aconteceu nesta terça-feira, 19, em Brasília, durante debate organizado pelo PDT sobre a Previdência Social, na véspera da apresentação da reforma da Previdência ao Congresso, que deve ser feita pessoalmente pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

"Temos que trocar o radicalismo de goela por um debate no qual a gente chame o governo", disse Ciro. "Por um vazio absoluto de ideias, você escassa um radicalismo retórico. A consequência prática dessa atitude é nenhuma, você apenas legitima o que está aí e provavelmente projeta o que está aí para se reeleger daqui quatro anos", falou.

Ciro fez críticas indiretas ao PT e à esquerda como um todo, a quem acusou de estar perdida e de não ter "compreensão estratégica". Para Ciro, é hora da esquerda abandonar o identitarismo como pauta principal e se voltar para o debate econômico. "Feminismo, ecologia e outros são temas importantes, mas a gente não pode exercitá-los de forma identitária porque isso acaba aperfeiçoando a agenda conservadora e deixa para lá as questões de natureza econômica", discursou, antes de apresentar uma crítica à reforma da Previdência que deve ser apresentada na quarta-feira, 20. No começo do ano, o PDT decidiu se descolar do PT e integrar bloco de oposição ao governo ao lado outros partidos.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Entidades empresariais manifestam apoio ao decreto do Governo do Estado

Saúde

Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março

Medida terá validade por 15 dias
Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março
Saúde

Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições

O Governo do Estado publicou o Decreto 1.172 nesta sexta-feira (26) suspendendo o funcionamento de serviços não essenciais das 23h desta sexta-feira (26) até às 6h de segunda-feira (1º)
Com novo decreto, Prefeitura de Jaraguá detalha restrições
Saúde

Governo decreta fechamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC

A decisão é mais uma medida do Executivo estadual para reforçar o enfrentamento ao coronavírus em um momento de agravamento da situação sanitária em Santa Catarina
Governo decreta fechamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC
Ver mais de Economia