Delivery Much
ECONOMIA

China faz críticas a práticas comerciais dos EUA em documento no site da OMC

13 Mai 2019 - 21h00Por Victor Rezende

A China indicou nesta segunda-feira que as políticas dos Estados Unidos estão ameaçando a existência da Organização Mundial do Comércio (OMC) e submeteu ao painel do órgão multilateral uma série de queixas em uma "proposta de reforma" da OMC.

Sem citar os EUA, os chineses apontam que a tendência recente de práticas unilaterais e protecionistas "desferiu golpes ao multilateralismo e ao sistema de livre-comércio" e enfatizam que "o abuso da exceção de segurança nacional, medidas unilaterais inconsistentes com as regras da OMC, bem como o uso indevido ou abusivo das medidas de reparação comercial existentes danificaram gravemente a ordem internacional de livre-comércio".

O documento da China foi protocolado nesta segunda-feira no site da OMC. Os chineses não mencionam os EUA no documento, mas se referem ao bloqueio na nomeação de juízes de apelação da organização e a tarifas de segurança nacional sobre alumínio, aço e veículos, práticas que têm sido associadas a Washington. De acordo com a China, "um certo membro da OMC" levantou unilateralmente barreiras comerciais e impôs tarifas de importação de forma arbitrária e sem autorização da organização multilateral.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena

Os números sorteados neste sábado foram 02, 09, 34, 49, 51, 55
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
Economia

Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Serão beneficiadas 3,5 milhões de pessoas
Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Economia

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões

A quina teve 75 ganhadores, com prêmio individual de R$ 32.688,93
Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões
Economia

Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano

Apesar de alta na inflação, BC decidiu não mexer na Selic
Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
Ver mais de Economia