ECONOMIA

China abre caminho para FMI investir em seus mercados de capitais

07 Mar 2019 - 05h52

O regulador de valores mobiliários da China aprovou o Fundo Monetário Internacional (FMI) como "investidor institucional estrangeiro qualificado em yuans", o que permitirá ao Fundo investir nos mercados de capitais do país, segundo comunicado divulgado hoje.

A cota estipulada ao FMI, no entanto, não foi especificada.

No fim de fevereiro, a China já havia autorizado mais de 200 investidores institucionais estrangeiros a entrar em seus mercados de ações e bônus por meio do sistema para investidores qualificados. No total, esses investidores têm permissão para aplicar até 660,47 bilhões de yuans (US$ 98,46 bilhões) nos mercados chineses. Fonte: Dow Jones Newswires.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

Receita espera receber 32,6 mi de declarações até 30 de abril
Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

Mega-Sena sai para um apostador que ganha 49 milhões

Próximo sorteio será quarta-feira
Saúde

Entidades empresariais manifestam apoio ao decreto do Governo do Estado

Saúde

Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março

Medida terá validade por 15 dias
Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março
Ver mais de Economia