duas rodas aniversário jaraguá
caragua mobile
ECONOMIA

Castello Branco: Petrobras teve perda zero com adiamento do ajuste do diesel

17 Abr 2019 - 21h15Por Denise Luna

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, informou em coletiva nesta quarta-feira, 17, que a estatal não teve prejuízo com o adiamento do reajuste do preço do diesel. Muito pelo contrário, ele afirmou que o ajuste máximo pôde ser menor justamente porque o frete marítimo, um dos componentes do preço do diesel, caiu desde o dia 11 de abril.

"A Petrobras teve perda zero com o adiamento do ajuste do diesel, por que temos hedge e o preço do frete marítimo caiu", disse a jornalistas em encontro para explicar o reajuste do combustível.

No dia 11 de abril a Petrobras elevou o preço teto do combustível em 5,7%, passados seis dias, ajustou o preço máximo em 5,1%. "Não só não perdemos como ganhamos um pouco", ressaltou Castello Branco.

caragua mobile

Matérias Relacionadas

Geral

Apesar da alta dos preços, acesso a dieta saudável cresce no Brasil

Custo diário passou US$ 3,22 para US$ 4,25 entre 2017 e 2022
Apesar da alta dos preços, acesso a dieta saudável cresce no Brasil
Economia

WEG está com as inscrições abertas para o Programa de Qualificação para Pessoas com Deficiência

As inscrições acontecem entre os dias 01 a 14 de agosto
WEG está com as inscrições abertas para o Programa de Qualificação para Pessoas com Deficiência
Economia

SC responde por 11% do crédito aprovado pelo BNDES no primeiro trimestre

Aprovações de financiamentos chegam a R$ 2,8 bilhões de janeiro a março, incremento de 167,5% frente a igual período de 2023
SC responde por 11% do crédito aprovado pelo BNDES no primeiro trimestre
Economia

Mercado aumenta previsão da inflação de 4% para 4,05% em 2024

Projeção de expansão da economia é de 2,15% este ano, diz BC
Mercado aumenta previsão da inflação de 4% para 4,05% em 2024
Ver mais de Economia