ECONOMIA

Câmara tem esquema de segurança reforçado para receber Bolsonaro e a reforma

20 Fev 2019 - 11h24Por Camila Turtelli e Julia Lindner

A Câmara dos Deputados em Brasília amanheceu nesta quarta-feira, 20, com um esquema de segurança reforçado para receber a visita do presidente da República. Jair Bolsonaro chegou no período da manhã ao Parlamento para entregar pessoalmente o texto da reforma da Previdência.

Para isso, as entradas do Congresso foram restritas. Apenas autoridades podem ingressar pelos portões principais que dão de frente para a esplanada dos ministérios. A circulação interna também está restrita.

O Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) divulgou nesta quarta que a o novo texto deve endurecer as regras para se aposentar no Brasil.

A proposta deve estabelecer idade mínima de 65 anos para homens e 62, para mulheres. Ficou definida a exigência de 40 anos de contribuição para que os segurados do INSS recebam 100% do salário de contribuição, desde que respeitado o teto do INSS (hoje em R$ 5,839 mil).

O valor é o mesmo que está na minuta da proposta antecipada pelo Broadcast anteriormente.

O governo, no entanto, ainda não conta com uma base sólida no Congresso para aprovação da medida e deve se esforçar para articular um consenso nos próximos meses. O presidente da Câmara já disse que a expectativa é que o texto seja aprovado na Casa ainda neste semestre.

Logo cedo, Bolsonaro entrou em reunião com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado

Segundo Talita Beber, presidente da CDL Jaraguá do Sul, o comércio local está preparado com promoções, ações de vendas casadas e, com foco na segurança por causa da pandemia
Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado
Economia

Governo do Estado institui o Auxílio Catarina

Benefício emergencial será destinado a mais de 60 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica no estado
Governo do Estado institui o Auxílio Catarina
Economia

Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia

O investimento do Executivo será superior a R$ 37 milhões, com recursos já garantidos no orçamento
Governo do Estado propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia
Economia

Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp

Instituição financeira cooperativa oferece nova opção de transferência para os associados por meio de parceria com o Facebook
Sicredi disponibiliza opção de pagamentos no WhatsApp
Ver mais de Economia