Imobiliária Coralli
Economia

Caixa e Banco do Brasil começam a pagar hoje abono do PIS/Pasep

16 Jan 2020 - 12h30Por Agência Brasil

O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) do calendário 2019/2020, para os trabalhadores nascidos no mês janeiro e fevereiro, começou nesta quinta-feira (16). De acordo com a Caixa, os valores variam de R$ 87 a R$ 1.039, conforme a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2018.

Os titulares com conta individual na Caixa e cadastro atualizado receberam o crédito automático antecipado na terça-feira (14). Segundo a instituição, são mais de 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, totalizando R$ 2,6 bilhões em recursos injetados na economia.

Pasep

Os servidores públicos, cadastrados no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), com o dígito final de inscrição 5 e 6 recebem também a partir de hoje. O pagamento é feito pelo Banco do Brasil

Calendário

No caso do PIS, os pagamentos são escalonados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2019, com os nascidos naquele mês. O prazo final para o saque do abono salarial do calendário de pagamentos 2019/2020 é 30 de junho deste ano.

.

 

Consulta

O valor do abono salarial do PIS pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão: 0800 726 0207.

 

Matérias Relacionadas

Economia

Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE

Maiores altas foram observadas nos estados do Amazonas e Ceará
Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
Economia

INSS amplia serviço alternativo para receber documentação de segurados

Cópias dos documentos poderão ser depositadas em urnas nas agências
INSS amplia serviço alternativo para receber documentação de segurados
Economia

Mercado financeiro projeta queda de 5,62% na economia este ano

Para 2021, a estimativa de inflação permanece em 3%, diz BC
Mercado financeiro projeta queda de 5,62% na economia este ano
Economia

Celesc registra aumento no índice de inadimplência de 33% no primeiro semestre

Cortes de energia serão retomados em agosto. Consumidores de baixa renda não terão fornecimento interrompido
Celesc registra aumento no índice de inadimplência de 33% no primeiro semestre
Ver mais de Economia