transito
ECONOMIA

Caetano: 'Não fizemos propostas alternativas de reforma da Previdência'

12 Nov 2018 - 18h38Por Luisa Marini, especial para a AE

O secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, se reuniu nesta segunda-feira, 12, com a equipe de transição do novo governo em Brasília. O secretário contou que foi apresentar a metodologia de cálculo do regime geral da Previdência para a equipe e que não foram discutidas medidas infraconstitucionais para se aprovar parte da reforma ainda este ano no Congresso.

"Não houve, durante a reunião, qualquer discussão a respeito de propostas alternativas de reforma da Previdência", disse Caetano ao final da reunião. "Esse assunto (leis infraconstitucionais) não foi discutido durante a reunião. A nossa proposta de reforma é a que está na emenda constitucional e nas discussões que ocorreram ao longo da tramitação da PEC."

"A aprovação de uma reforma da Previdência necessita de uma aprovação não só técnica, mas também de uma avaliação política a respeito da viabilidade da aprovação", disse Caetano.

A reforma da Previdência está em tramitação na Câmara dos Deputados, mas, como se trata de uma emenda constitucional, ela só pode ser votada com o fim da intervenção federal no Rio de Janeiro. A equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro discute a possibilidade de aprovar uma parte da reforma ainda este ano, o que poderia ser feito por meio de leis infraconstitucionais - que não necessitam de mudanças na Constituição.

O secretário disse que apresentou para a equipe de transição a metodologia de cálculo do Regime Geral da Previdência Social, mostrou estimativas de arrecadação e despesas previdenciárias no longo prazo e que a discussão foi "estritamente técnica".

"A reunião foi estritamente técnica de discussão de metodologia e projeção de longo prazo das despesas e receitas previdenciárias do regime geral da Previdência Social", disse.

Questionado se há a possibilidade de permanecer no próximo governo, o secretário disse que trabalha "com horizonte temporal até 31 de dezembro".

Caetano se reuniu com Arthur e Abraham Weintraub, membros da equipe de transição responsáveis pela Previdência. O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, não participou do encontro.

Matérias Relacionadas

Economia

Pesquisa de preços mostra variação da cesta básica em Jaraguá do Sul

Tomate teve aumento de quase 30% neste mês em relação ao levantamento de maio
Pesquisa de preços mostra variação da cesta básica em Jaraguá do Sul
Geral

Guaramirim define prazo para isenção de Imposto Rural em Perímetro Urbano

Agricultores devem solicitar isenção até 11 de novembro
Guaramirim define prazo para isenção de Imposto Rural em Perímetro Urbano
Geral

Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz

Conab também instaurou uma apuração interna
Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz
Economia

Setor de serviços cresce 0,5% de março para abril no país, revela IBGE

É a segunda alta consecutiva do indicador
Setor de serviços cresce 0,5% de março para abril no país, revela IBGE
Ver mais de Economia