ECONOMIA

Bolsas europeias operam mistas, de olho em Brexit e comércio entre EUA e China

18 Fev 2019 - 07h55Por Sergio Caldas

As bolsas europeias operam sem direção única nesta manhã de segunda-feira, em meio a novas complicações para o Brexit, como é conhecido o processo para retirar o Reino Unido da União Europeia, e esperanças de que os Estados Unidos e China avancem mais em suas negociações comerciais esta semana.

Os maiores mercados da Europa, incluindo o de Londres, estão pressionados nas primeiras horas de negócios após relatos de que um grupo de parlamentares do Partido Trabalhista britânico, de oposição, pretende renunciar em protesto à forma como o líder da legenda, Jeremy Corbyn, vem lidando com a questão do Brexit.

O grupo, possivelmente formado por cinco legisladores, deverá fazer o anúncio ainda hoje, após semanas de pressão para que Corbyn mude de estratégia e inicie uma campanha para a realização de um segundo plebiscito sobre a permanência ou não do Reino Unido na UE.

Corbyn diz que só manterá a opção de um segundo plebiscito "na mesa" se o governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, não conseguir garantir com Bruxelas um acordo de Brexit que possa ser aprovado no Parlamento. O prazo final para que o Brexit ocorra é 29 de março.

Por outro lado, investidores estão esperançosos de que EUA e China conseguirão eventualmente superar suas desavenças comerciais e fechar um pacto. Após as conversas da semana passada em Pequim, ambos os lados falaram em "progresso" nas negociações.

Além disso, o presidente dos EUA, Donald Trump, reiterou na última sexta-feira (15) a possibilidade de estender o prazo de 1º de março para que Washington e Pequim cheguem a um acordo. Se não houver entendimento até essa data, a Casa Branca poderá elevar tarifas sobre mais US$ 200 bilhões em bens chineses, de 10% para 25%.

Hoje é feriado nos EUA, o que tende a comprometer a liquidez na Europa e em outras partes do mundo, mas o diálogo comercial sino-americano será retomado esta semana em Washington.

Às 6h52 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,28%, a de Frankfurt recuava 0,22% e a de Paris tinha baixa marginal de 0,04%. Já os mercados em Milão, Madri e Lisboa subiam 0,38%, 0,28% e 0,17%, respectivamente. No câmbio, o euro se fortalecia a US$ 1,1315, de US$ 1,1303 no fim da tarde de sexta-feira, e a libra seguia a mesma direção, cotada a US$ 1,2915, ante US$ 1,2894 na sexta. Com informações da Dow Jones Newswires.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

Parcela varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo do beneficiário
Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2
Economia

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19h
Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado
Economia

WEG anuncia novos investimentos em Minas Gerais

Com uma nova fábrica de Eletrocentros em Betim, companhia pretende fortalecer sua posição em um dos mais importantes mercados de equipamentos elétricos industriais e para geração de energia do país
WEG anuncia novos investimentos em Minas Gerais
Economia

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Litro do diesel passará a custar R$ 2,76, e o da gasolina, R$ 2,64
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
Ver mais de Economia