GNet
Caraguá
ECONOMIA

Bolsas da Europa sobem, com sinais de comércio EUA-China e foco no Brexit

15 Mar 2019 - 15h35Por Gabriel Bueno da Costa

As bolsas europeias fecharam majoritariamente em alta nesta sexta-feira, 15, apoiadas por sinalizações de avanço no diálogo comercial entre Estados Unidos e China, embora ainda sem um acordo à vista. Além disso, continuou no radar dos investidores o processo de saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,68%, em 381,10 pontos, e na semana avançou 2,84%.

Algumas declarações dos dois lados apoiaram o humor sobre o diálogo entre Washington e Pequim no comércio. Foi informado pela imprensa estatal chinesa que o vice-premiê Liu He falou por telefone com autoridades americanas, entre elas o representante comercial, Robert Lighthizer. Além disso, lideranças deram sinalizações em geral otimistas sobre a chance de um acordo, embora já se saiba que ele não deve se materializar ainda em março.

Na Europa, o fato de o Parlamento britânico ter decidido solicitar mais prazo à União Europeia agradou a investidores, já que pode aumentar a chance de um acordo. Não se sabe, porém, se esse prazo extra se materializará nem se pode haver meios de se resolver as diferenças.

Na agenda de indicadores, o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 1,5% em fevereiro, na comparação anual, como esperado pelos analistas.

Na bolsa de Londres, o índice FTSE-100 fechou em alta de 0,60%, em 7.228,28 pontos, e na comparação semanal avançou 1,74%. Entre os destaques, Whitbread subiu 4,8%, mas Morrissons Supermarkets perdeu 1,7%.

Em Frankfurt, o índice DAX teve ganho de 0,85%, a 11.685,69 pontos, e na semana subiu 1,99%. Entre os bancos alemães, Commerzbank subiu 2,10%, mas Deutsche Bank caiu 0,93%. Deutsche Telekom teve ganho de 1,78%.

Na bolsa de Paris, o índice CAC-40 registrou alta de 1,04%, a 5.405,32 pontos, e na comparação semanal ganhou 3,33%.

Em Milão, o índice FTSE-MIB subiu 0,80%, a 21.045,41 pontos, e na semana teve ganho de 2,74%. Intesa Sanpaolo teve ganho de 1,34% e UniCredit, de 0,17%, enquanto ENI ganhou 0,32%.

Na bolsa de Madri, o índice IBEX-35 avançou 1,44%, a 9.342,20 pontos, fechando na máxima do dia, e na semana subiu 2,33%. Santander se destacou, em alta de 1,66%, e BBVA, 1,72%. Já CaixaBank cedeu 0,51%.

Em Lisboa, o índice PSI-20 recuou 0,60%, a 5.240,00 pontos, na contramão das demais praças, mas na comparação semanal avançou 1,14%. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Caraguá

Matérias Relacionadas

Segurança

Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix

Foram vazados dados cadastrais da Acesso Pagamentos
Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix
Economia

Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis

Em 2021, a gasolina e o diesel subiram 47%, Etanol acumula alta de 62%
Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis
Economia

Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022

Confira o reajuste que será concedido aos trabalhadores
Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022
Geral

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões

Próximo sorteio será no sábado
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões
Ver mais de Economia