transito
ECONOMIA

BNDES está dando papel cada vez mais importante ao setor privado, diz Levy

09 Mai 2019 - 18h00Por Vinicius Neder

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, afirmou nesta quinta-feira, 9, que a instituição de fomento está se transformando de maneira estrutural, dando um papel cada vez mais importante ao setor privado.

"O BNDES também está se transformando de maneira estrutural, descobrindo novos caminhos, novas parcerias, se abrindo para a sociedade e para o próprio governo, dando um papel cada vez mais importante ao setor privado", afirmou Levy, em discurso de abertura do 31º Fórum Nacional, organizado pelo economista Raul Velloso, no Rio.

No discurso de abertura, em que falou também da trajetória do ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso, irmão mais velho de Raul e fundador do Fórum Nacional, falecido em fevereiro, Levy mencionou ações do governo federal, como a proposta de reforma da Previdência e o acordo com os Estados Unidos em torno do uso da base de lançamento de foguetes em Alcântara (MA).

"Vivemos momentos de grandes escolhas", disse Levy, dirigindo-se ao secretário especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, que também participa do Fórum Nacional. "O ministro (sic) Rogério esteve até 1 hora da manhã no Congresso ontem defendendo com galhardia e sucesso a reforma da Previdência", afirmou o presidente do BNDES, referindo-se à apresentação de Marinho e do ministro Paulo Guedes na Comissão Especial da Câmara dos Deputados que aprecia a proposta de reforma da Previdência.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia