Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Austin Rating avalia que arrecadação reforça avanço lento do PIB

21 Dez 2018 - 13h59Por Francisco Carlos de Assis

A arrecadação federal, que em novembro acumulou R$ 1,315 trilhão no ano, enquanto farol que lança luz sobre os dados econômicos reforça a retomada lenta da economia, realçando a condição de que o pior da dificuldade econômica do País ficou para trás, avalia o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini.

Em novembro a Receita Federal entesourou R$ 119,420 bilhões, o que em termos nominais representa uma queda de 9,44% na comparação com os R$ 131,880 bilhões arrecadados em outubro. Mas como indicador prospectivo de crescimento se alinha às projeções existentes no mercado que apontam para uma expansão de 3% em 2019.

"A arrecadação é um indicador que consegue medir a linha final da economia, que são a produção e o consumo Imposto sobre Importação (II), Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Sobre Lucro Líquido (CSLL)", disse o economista. O chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita Federal, Claudemir Malaquias, confirmou a avaliação de Agostini ao afirmar que a arrecadação do IRPJ/CSLL cresceu 33,7% em novembro.

Enquanto farol que lança luz sobre a área fiscal, a arrecadação federal ao longo do ano até novembro é insuficiente para conter o déficit primário. "Não é suficiente para colocar as contas públicas em ordem", disse o chefe do Departamento Econômico da Austin Rating. A projeção dele para o resultado primário do governo federal em 2019 é de um déficit da ordem de R$ 50 bilhões caso o governo obtenha êxito no processo de privatizações e concessões.

"Para o governo não ter que vir a aumentar impostos, ele vai ter que ter sucesso nas reformas e nas concessões porque o efeito caixa da reforma da Previdência, por exemplo, não é imediato. É de longo prazo", disse Agostini. Para ele, a aprovação da reforma da Previdência será positiva para a arrecadação na medida em que, em ela ocorrendo, vai se gerar um ambiente econômico de maior confiança e que acabará por valorar os ativos a serem privatizados.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Economia

Sine de Santa Catarina tem 5.145 vagas de emprego abertas

Todas as vagas são para contratações efetivas, os pré-requisitos e a carga horária variam de acordo com o cargo.
Sine de Santa Catarina tem 5.145 vagas de emprego abertas
Geral

Sicredi fortalece o compromisso com a agricultura familiar em SC

Atuação do Sicredi junto a agricultura familiar e em toda a cadeia produtiva do agronegócio fomenta o desenvolvimento econômico.
Sicredi fortalece o compromisso com a agricultura familiar em SC
Economia

Após venda de fábrica em Schroeder, Menegotti divulga nota

Cerca de 450 pessoas trabalham na unidade
Após venda de fábrica em Schroeder, Menegotti divulga nota
Ver mais de Economia