dengue
ECONOMIA

Ata: projeção para IPCA 2020 no cenário com juros e câmbio constantes é de 3,5%

11 Fev 2020 - 09h56Por Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

A ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, divulgada nesta terça-feira, 11, indicou que a projeção para o IPCA de 2020 no cenário de referência, com juros e câmbio constantes, ficou em de 3,5%. Já a projeção para 2021 é de 3,8%.

Essas estimativas já constaram no comunicado da semana passada, quando o Copom reduziu a Selic (a taxa básica de juros) de 4,50% para 4,25% ao ano. Para o cálculo, o BC utilizou taxa de câmbio constante em 4,25% e Selic fixa em 4,50% ao ano.

Assim como no comunicado da decisão da semana passada, a ata do Copom não trouxe agora as projeções do BC para a inflação no cenário de mercado, que considera as trajetórias de câmbio e juros da pesquisa Focus.

Cenário híbrido

A ata também indicou que a projeção para o IPCA de 2020 no cenário híbrido com câmbio fixo e Selic variável está em 3,5%. Já a projeção para 2021 está em 3,7%. As estimativas já constaram no comunicado da semana passada. No Relatório Trimestral de Inflação (RTI) publicado em dezembro passado, as projeções neste cenário híbrido eram de inflação de 3,7% para 2020 e 2021.

Matérias Relacionadas

Economia

Zanotti Elásticos, de Jaraguá do Sul, está contratando

Confira!
Zanotti Elásticos, de Jaraguá do Sul, está contratando
Economia

Entrega de carnês do IPTU 2024 de Jaraguá deve ser concluída até o fim do mês

Até agora os Correios já entregaram cerca de 50% do total de carnês impressos
Entrega de carnês do IPTU 2024 de Jaraguá deve ser concluída até o fim do mês
Economia

WEG anuncia lucro de R$ 5,731 bilhões em 2023

Resultado é 36,2% maior do que o de 2022. Empresa de Jaraguá do Sul distribui lucros aos colaboradores em março
WEG anuncia lucro de R$ 5,731 bilhões em 2023
Política

Representantes do governo dos Emirados Árabes demonstram interesse em investir na infraestrutura de

Essa foi a primeira reunião da missão internacional catarinense aos Emirados Árabes, liderada pelo governador Jorginho Mello.
Representantes do governo dos Emirados Árabes demonstram interesse em investir na infraestrutura de
Ver mais de Economia