Delivery Much
ECONOMIA

Aneel aprova edital de Leilão A-4, marcado para 28 de junho

28 Mai 2019 - 12h51Por Luana Pavani

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu aprovar o edital do Leilão nº 3/2019, denominado "Leilão A-4" de 2019, para compra de energia elétrica de novos empreendimentos de geração, após a avaliação de contribuições recebidas pela agência em audiência pública. O diretor relator do tema, Sandoval de Araújo Feitosa Neto, destacou que também estão aprovados os respectivos anexos do documento.

O leilão está marcado para 28 de junho. A publicação do aviso da licitação está prevista para a quarta-feira, 29 de maio.

A diretoria da agência citou ainda previsão de homologação em 8 de outubro e emissão de outorga em janeiro de 2020.

A modalidade por quantidade adotada pelo Ministério de Minas e Energia (MME) foi considerada adequada pela diretora Elisa Bastos, durante a 18ª reunião da agência, que ocorre na manhã desta terça-feira, 28.

Na semana passada, o MME aprovou a sistemática que será aplicada na realização do leilão e em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 23 de maio estabeleceu que a Aneel deverá publicar como adendo ao edital detalhamento prevendo a aceitação de propostas para quatro produtos: três produtos por quantidade (hidro, eólica e solar) e um por disponibilidade (biomassa).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Confira o calendário de Sábados Legais no comércio de Jaraguá em 2021 

Oportunizando mais tempo para os consumidores fazerem suas compras, a iniciativa tem a primeira edição do ano no próximo dia 6 de fevereiro
Confira o calendário de Sábados Legais no comércio de Jaraguá em 2021 
Economia

Tarifa de água em Guaramirim terá reajuste de 17,48% 

Com o reajuste, a tarifa mínima de água residencial ficará R$ 39,00 e a tarifa mínima comercial R$ 56,96
Tarifa de água em Guaramirim terá reajuste de 17,48% 
Economia

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro
Geral

Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor

Na prática, os estabelecimentos que recebem leite ou processam leite cru refrigerado terão que rastrear toda a matéria-prima e solicitar os exames de brucelose e tuberculose dos bovinos de seus fornecedores
Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor
Ver mais de Economia