ECONOMIA

Alta nos serviços em 12 meses é 1ª taxa positiva desde maio de 2015, diz IBGE

15 Mar 2019 - 13h16Por Daniela Amorim

A alta de 0,3% na taxa acumulada pelo setor de serviços nos 12 meses encerrados em janeiro foi o primeiro resultado positivo desde maio de 2015, quando o segmento havia avançado 0,1%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O cenário é de início de recuperação no setor, mas uma retomada mais consistente ainda depende da melhora nos serviços prestados a empresas, avaliou Rodrigo Lobo, gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE.

"Há algum tipo de ganho nos últimos quatro meses. Algum tipo de recuperação do final de 2018 para cá", afirmou Lobo. "Aquela parte dos serviços prestados a empresas ainda pesa contra uma recuperação mais consistente dos serviços como um todo", completou.

Entre os serviços que ainda encontram dificuldade para voltar a crescer estão os de engenharia e segurança privada. Em janeiro, os serviços operavam 10,8% abaixo do ponto mais alto registrado em janeiro de 2014.

Matérias Relacionadas

Educação

Governo do Estado define novo cronograma de funcionamento de transporte e educação

Governo do Estado define novo cronograma de funcionamento de transporte e educação
Jaraguá do Sul

CDL Jaraguá do Sul lança campanha para fortalecer o comércio local no Dia dos Namorados

Conforme o diretor de Comunicação da CDL, a entidade vem enfatizando junto aos associados a importância de manter os cuidados preventivos contra a Covid-19 em todos os comércios
CDL Jaraguá do Sul lança campanha para fortalecer o comércio local no Dia dos Namorados
Saúde

Transporte coletivo poderá ser retomado a partir de segunda-feira em SC

Já a aulas devem permanecer suspensas até agosto
Transporte coletivo poderá ser retomado a partir de segunda-feira em SC
Saúde

WEG entrega 200 ventiladores pulmonares para o SUS

A entrega faz parte do contrato que a Companhia assinou com o Governo Federal para o fornecimento de 950 ventiladores pulmonares destinados a UTI para o Sistema Único de Saúde (SUS).
WEG entrega 200 ventiladores pulmonares para o SUS
Ver mais de Economia