Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Alimentos mais caros pressionam inflação ao consumidor no IGP-10 de março

15 Mar 2019 - 11h21Por Daniela Amorim

Os aumentos nos preços dos alimentos pressionaram a inflação ao consumidor no Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) de março, informou nesta sexta-feira, 15, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10) subiu 0,48% em março, após um avanço de 0,38% registrado em fevereiro.

Quatro das oito classes de despesa registraram taxas de variação mais elevadas, com destaque para o grupo Alimentação, que passou de alta de 0,66% em fevereiro para expansão de 1,05% em março. Houve influência de itens como hortaliças e legumes, que subiram 8,95% em março, após a queda de 0,48% registrada em fevereiro.

Os demais acréscimos ocorreram nas taxas de variação dos grupos Transportes (de -0,01% em fevereiro para 0,44% em março), Vestuário (de -0,63% para 0,13%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,31% para 0,47%). As principais contribuições partiram dos itens gasolina (de -2,77% para -0,36%), roupas (de -0,83% para 0,22%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (de -0,35% para 0,66%).

Na direção oposta, as taxas foram mais baixas nos grupos Educação, Leitura e Recreação (de 0,92% para -0,11%), Habitação (de 0,43% para 0,35%), Despesas Diversas (de 0,30% para -0,05%) e Comunicação (de 0,40% para -0,02%). Houve impacto dos cursos formais (de 3,69% para 0,00%), empregada doméstica mensalista (de 1,19% para 0,50%), cartório (de 2,59% para 0,16%) e pacotes de telefonia fixa e internet (de 1,75% para 0,00%).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel
Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário começa nesta sexta-feira, para nascidos em janeiro
Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Economia

Sine de Santa Catarina tem 5.145 vagas de emprego abertas

Todas as vagas são para contratações efetivas, os pré-requisitos e a carga horária variam de acordo com o cargo.
Sine de Santa Catarina tem 5.145 vagas de emprego abertas
Ver mais de Economia