Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Alcolumbre: falta governo se empenhar pessoalmente em diálogo com Congresso

18 Mar 2019 - 14h23Por André Ítalo Rocha

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou nesta segunda-feira, 18, que falta ao governo federal um "ajuste fino" na articulação política para aprovar a reforma da Previdência no Congresso, após participar de reunião em São Paulo com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

"Há um sentimento - posso falar pelo Senado e, além disso, fui 12 anos deputado federal, tenho muitos amigos na Câmara - de que falta um ajuste fino na política, que é o governo se empenhar pessoalmente, se dedicar na Câmara e no Senado para dialogar", disse Alcolumbre.

Ainda segundo ele, falta ao governo entendimento com as lideranças dos partidos políticos. "O governo adotou um modelo de relação política e institucional que quebra paradigmas de décadas, é um modelo novo, que precisa ser precedido de conversas, diálogos e entendimentos com os líderes (partidários)", disse.

A sugestão do presidente do Senado é que o governo converse com os presidentes dos partidos. "A metodologia adotada em relação às frentes partidárias vai ser ponto de interligação dessa relação, mas a relação do líder partidário de uma bancada de 30 ou 40 deputados será fundamental para consolidar apoio e o governo terá maior na Câmara e no Senado", afirmou.

Militares

Alcolumbre evitou comentar se a proposta para alterar as regras dos militares está suave ou não, mas defendeu a categoria lembrando que o aumento do tempo de contribuição deles, pela proposta, está sendo elevado de 30 para 35 anos.

Além disso, argumentou, a economia fiscal com os militares é estimada em R$ 100 bilhões em 10 anos pelo estudo do governo, ante uma economia de R$ 1 trilhão para a reforma da Previdência. "Os militares estão dando a sua contribuição", disse.

O presidente do Senado disse ainda que os brasileiros precisam ter a consciência de que os militares são uma "situação diferenciada". "Eles estão de plantão 24 horas por dia, eles não têm hora extra", disse.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel
Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário começa nesta sexta-feira, para nascidos em janeiro
Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Economia

Sine de Santa Catarina tem 5.145 vagas de emprego abertas

Todas as vagas são para contratações efetivas, os pré-requisitos e a carga horária variam de acordo com o cargo.
Sine de Santa Catarina tem 5.145 vagas de emprego abertas
Ver mais de Economia