Boa imunidade garante organismo blindado contra doenças e infecções

A imunidade turbinada é um fator importante na prevenção ao contágio do coronavírus e outras doenças que podem debilitar o corpo. Para isso, o grande segredo tem a ver com hábitos saudáveis.

11 Mai 2020 - 11h59Por Cristiane Molon

Quando a imunidade está baixa, a vulnerabilidade aumenta e se transforma em um convite para qualquer tipo de infecção se instalar no corpo, geralmente, com sintomas mais intensos e por um período maior. Isso acontece porque o sistema imunológico, através de células específicas, atua no processo de defesa do organismo contra invasores, como bactérias e vírus.

O cenário atual, com a pandemia de COVID-19, reforça o alerta com relação à saúde. A imunidade turbinada é um fator importante na prevenção ao contágio do coronavírus e outras doenças que podem debilitar o corpo. Para isso, o grande segredo tem a ver com hábitos saudáveis. 

Em tempos de quarentena e isolamento, iniciar uma mudança de comportamento com relação ao autocuidado é uma boa pedida. Fortalecer o organismo e aumentar a imunidade requer algumas atitudes. Tudo começa quando a pessoa decide melhorar a alimentação e fazer escolhas inteligentes. O ideal é optar por comida de verdade, preparada em casa, priorizando alimentos ricos em vitamina C e outros nutrientes presentes em frutas, legumes e verduras. Quanto mais colorida e natural for a alimentação, mais nutrientes e vitaminas o organismo consegue adquirir, o que acaba blindando o sistema imunológico. 

Além disso, ressalto a importância do consumo de água em livre demanda. Quem não é adepto do líquido, pode alternar com chá, limonada e sucos de acerola ou abacaxi com hortelã. Sucos industrializados e refrigerantes não possuem quase nenhum nutriente e devem ser evitados se o objetivo é fortalecer a saúde. 

Nesse período, também vale a recomendação para aproveitar o momento e conquistar mais qualidade de sono. Agora, é a hora de estabelecer uma boa rotina e dormir um pouco mais cedo. Deixar o quarto escuro, evitar assistir noticiários e usar redes sociais, que causam preocupação devido à pandemia, auxiliam a desintoxicar a mente antes de dormir. 

Além disso, é possível estabelecer um ritual matinal. Entre as atividades, acordar mais cedo de manhã, fazer alongamentos e exercícios físicos em casa deixam o dia mais leve. Apesar da insegurança, estar em constante estado de agitação prejudica não só a mente, mas o funcionamento do organismo. 

O aspecto emocional não pode ser deixado de lado em meio à crise e saliento a importância de se manter positivo. Um cérebro preocupado, com medo e ansiedade o tempo todo, ativa o estresse, aumenta o cortisol, que fragiliza o sistema imune. Vamos cuidar dos nossos pensamentos e emoções. Se eles estiverem bem, tudo vai melhor.

É preciso calma para enfrentar a adversidade. Quem sabe, agora, é o momento de colocar a saúde em ordem, olhar para si e ter mais tempo com a família. Talvez seja isso que o mundo e nós estamos precisando.