Uruguai: destino obrigatório!

Bastante renomado, o vinho Tannat uruguaio merece atenção. Ele é a estrela principal do país, ocupando quase metade da extensão dos vinhedos

11 Mai 2019 - 07h00Por Kelly Erdmann

O Uruguai, definitivamente, vale não só uma, mas várias visitas. Cheio de belezas, o nosso amistoso vizinho encanta pelos ares pacatos, pela arquitetura que nos transporta para outros tempos, pela gastronomia saborosa e, claro, pelos vinhos incríveis.

E, falando em vinhos, você sabia que o país está em uma das melhores regiões produtoras de uvas viníferas? Pois é! Ele, assim como a Argentina, o Chile e o Sul do Brasil, a África do Sul, a Austrália e a Nova Zelândia, localiza-se em uma faixa propícia para o cultivo. Isso porque, as condições de clima e solo são adequadas, estimulando os parreirais a produzir (e produzir muito bem!).

Bastante renomado, o vinho Tannat uruguaio merece atenção. Ele é a estrela principal do país, ocupando quase metade da extensão dos vinhedos. Entre as regiões com mais produção estão a de Montevidéu e de Canelones, ou seja, dá para conhecer a capital, encantar-se com ela e, ainda, curtir alguns passeios por várias vinícolas.

Aliás, outra dica imperdível para quem visitar Montevidéu é dedicar um tempo para se deliciar no Mercado del Puerto. Mesmo se as tradicionais parrilladas não agradam, as boas surpresas reservadas pelo local são inesquecíveis. Por lá, há artistas com belos quadros à venda, itens de artesanato e restaurantes interessantes, nos quais você entra no desacelerado ritmo uruguaio, almoçando calmamente. E, para acompanhar, ainda pode degustar uma garrafa de Medio y Medio, bebida típica que mistura espumante e vinho branco.

Outra sugestão, para quem pretende desbravar essa viagem de carro, é aproveitar o caminho para conhecer a fronteira entre o Brasil e o Uruguai. Com muitos free shops à disposição, fica difícil não se empolgar e colocar na bagagem vários vinhos e espumantes, tudo harmonizado com alfajor e chocolate.