Seis destinos imperdíveis no Novo Mundo para quem ama vinho

Abrir uma garrafa de vinho ou espumante, por si só, já é uma viagem das mais prazerosas. Afinal, os sabores, aromas e histórias presentes em cada taça sempre nos levam a lugares desconhecidos e cheios de novas experiências

08 Jun 2019 - 07h00Por Kelly Erdmann

Abrir uma garrafa de vinho ou espumante, por si só, já é uma viagem das mais prazerosas. Afinal, os sabores, aromas e histórias presentes em cada taça sempre nos levam a lugares desconhecidos e cheios de novas experiências. Mas, quem busca outras surpresas, precisa ver de pertinho as vinícolas, os parreirais e os segredos da produção.

Por isso, hoje, separei seis destinos imperdíveis do Novo Mundo para conhecer e, por consequência, apaixonar-se ainda mais por esse universo incrível. Confira:

Mendoza

Aqui, na coluna, já falei sobre Mendoza, porém, a região vitivinícola mais famosa da Argentina merece ser sugerida repetidas vezes. Ela fica aos pés da Cordilheira do Andes e, por isso, os vinhedos ganham um cenário, definitivamente, encantador. As vinícolas também são de primeira qualidade, com visitações exclusivas que têm muito a ensinar.

Napa Valley

Localizado no Norte da Califórnia, o Napa Valley é um dos principais destinos norte-americanos para quem ama vinhos. A região é a primeira área de viticultura oficialmente designada do país e congrega algumas das vinícolas mais importantes dos Estados Unidos. Com solo, relevo, clima e umidades propícios para o cultivo de uvas viníferas, ela faz parte do primeiro escalão de produtores e nos presenteia com patrimônios nacionais, como a zinfandel.

Cape Town

Partindo da Cidade do Cabo, qualquer viajante apaixonado por vinhos vai ter muito o que fazer na África do Sul. A região de Cape Town é, cada vez mais, um destino desbravado pelos turistas que não abrem mão de uma winetrip , pois apresenta boas vinícolas, ótimos restaurantes e cenários de tirar o fôlego com lindas montanhas emoldurando o horizonte.

Marlborough

Cada vez mais cultuada no mundo dos vinhos, a Nova Zelândia é outro destino que não poderia ficar de fora dessa lista. Localizada no Norte do país, a região de Marlborough produz grande parte dos rótulos que chegam no restante do mundo com a bandeirinha de lá. Com fácil acesso ao oceano, a área ainda tem colinas cobertas de videiras e incríveis paisagens rurais.

Margaret River

É no Oeste da Austrália que está mais uma incrível região produtora do chamado Novo Mundo. Em Margaret River, temos um cardápio perfeito para amantes de vinhos brancos, como chardonnay e semillon sauvignon. Para completar, além de apreciar rótulos inesquecíveis, ainda dá para fazer tudo isso olhando belas praias do Oceano Índico, que fica nas imediações.

Valle de Colchagua

Nesta viagem, partimos da América do Sul e, agora, vamos voltar para terminá-la no Valle de Colchagua, no Chile. Localizado a menos de 200 quilômetros da capital, Santiago, ele reúne algumas das principais vinícolas do país e, por lá, dá para fazer uma verdadeira imersão nos sabores e aromas da uva Carménère, ícone do Chile.