terça, 19 de fevereiro de 2019 - 22h34
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo

Redução mamária devolve saúde e autoestima às mulheres

Por influenciar diretamente o bem-estar físico e emocional, a cirurgia de mamoplastia redutora vai além da estética e pode modificar por completo a vida das pacientes.

06 Fev 2019 - 06h30Por Josinaldo Martins

Ter os seios fartos é o desejo da maioria das mulheres. Mas, não de todas! Temos também uma parcela do público feminino que sonha em reduzir as mamas e, assim, ter mais autoestima e saúde. Por influenciar diretamente o bem-estar físico e emocional, a cirurgia de mamoplastia redutora vai além da estética e pode modificar por completo a vida das pacientes.

Isso porque, quando os seios possuem tamanho incômodo, costumam causar dor nas costas, pescoço e ombros e também limitar atividades físicas. Em geral, essas mulheres também registram depressão nos ombros, no lugar das alças do sutiã, devido ao peso dos seios e irritação da pele abaixo do sulco da mama. Outra reclamação frequente é a flacidez, bem como a existência de aréolas alargadas.

A situação provoca inibição social e as pacientes tendem a evitar a exposição em ambientes como praias e piscinas. O tamanho ideal é individualizado e leva em conta diversos fatores, como as medidas da largura do tórax e das mamas e a idade.

A cirurgia, geralmente, é realizada através de incisões nos seios com a remoção cirúrgica do excesso de gordura, do tecido glandular e de pele. A técnica usada depende de particularidades anatômicas, composição da mama, quantidade de redução desejada, preferências pessoais e aconselhamento do cirurgião.

Os resultados são imediatamente perceptíveis, porém, é preciso aguardar o inchaço diminuir para verificar o formato definitivo dos seios, o que leva de dois e três meses. Para auxiliar na recuperação, a paciente pode usar sutiã específico para recuperação cirúrgica. Em alguns casos, também é necessário aplicar um dreno sob a pele para evitar qualquer excesso de sangue e fluido. Durante 15 dias, os cuidados são maiores, sendo que a mulher não deve levantar os braços acima dos ombros e se deitar de lado.

A redução das mamas só é indicada para quem estiver fisicamente saudável e, no caso de pacientes jovens, após quatro anos do início da menstruação. Além disso, fumantes precisam interromper o consumo de cigarros antes do procedimento.