Peeling: solução garante suavidade para a pele

Procedimento estético não invasivo é seguro e eficaz, alcançando ótimos resultados.

27 Nov 2019 - 17h32Por Josinaldo Martins

O conjunto de exposição ao sol, marcas de acne e avanço da idade pode resultar em uma pele enrugada, irregular, com manchas e cicatrizes. Para restabelecer a suavidade e a aparência mais jovem do rosto, o peeling é uma boa alternativa. Além disso, também é recomendado para melhorar a aparência do pescoço e das mãos. 

Ele estimula a renovação das células da pele por meio de uma descamação controlada com o uso de substâncias químicas ou de métodos físicos, como a dermoabrasão ou laser. O procedimento pode ser utilizado para clarear manchas e cicatrizes de acne, além de atuar no tratamento de rugas e linhas de expressão.

A preparação para a aplicação é simples: o rosto deve estar limpo. A solução química é espalhada na pele e deixada por apenas alguns minutos. O paciente pode sentir um leve ardor. Os produtos químicos são neutralizados com compressas salinas frias. 

A aparência da área tratada poderá ser cinza esbranquiçada e, com o passar dos dias, é possível que a pele fique vermelha ou marrom. O resultado surgirá em até seis semanas. O peeling químico médio pode ser realizado no consultório uma ou até duas vezes por ano.