Pedras nos rins: o que são?

Elas costumam surgir subitamente e vêm em forma de cólicas localizadas na região lombar que irradiam para o abdome

25 Jul 2019 - 07h00Por Raphael Lahr

Formadas por cristais presentes na urina, as pedras nos rins provocam dores quase insuportáveis. Elas costumam surgir subitamente e vêm em forma de cólicas localizadas na região lombar que irradiam para o abdome. Elas ainda podem vir acompanhadas de vômitos e náuseas e da sensação permanente de vontade de fazer xixi, como se a bexiga não esvaziasse. 

Diversos são os fatores de risco para as pedras nos rins. Mas, vale citar a predisposição genética, dietas com excesso de proteínas e de sal, pouca ingestão de líquidos, principalmente, de água, obesidade e, ainda, fatores externos, como o clima. Também é normal associar o surgimento do problema com outras doenças. Entre elas, o hiperparatireodismo e a Doença de Crohn. 

A doença atinge em torno de 12% dos homens e 6% das mulheres. Para o diagnóstico, é feito um exame de imagem. Depois de confirmado, o problema é tratado com medicamentos para controle da dor e que tendem a auxiliar a eliminação espontânea das pedras. Em alguns casos, porém, pode ser necessária a intervenção cirúrgica. 

Para evitar todos esses incômodos, o mais indicado é fazer alterações nos hábitos, cuidando da saúde com alimentação saudável, sem muito sal, aumento no consumo de água e prática de atividade física regular.