Lições para ser líder

Um verdadeiro líder estabelece uma visão clara e, em seguida, orienta sua equipe para essa visão, capacitando-a e treinando-a para o sucesso

13 Mai 2019 - 07h00Por Emílio Da Silva Neto
Pode-se definir ‘liderança’ como ‘a condução de um grupo de pessoas, transformando-o numa equipe que gera resultados’. Ou, ainda, como ‘a habilidade de motivar e influenciar pessoas, de forma ética e positiva, para que contribuam voluntariamente, e com entusiasmo, à concretização de objetivos de uma equipe e/ou empresa’.
 
Neste sentido, ‘líder’ diferencia-se de ‘chefe’, aquele encarregado por uma tarefa ou atividade e que, para tal, comanda um grupo de pessoas, tendo autoridade de mandar e exigir obediência. Na moderna gestão, as competências de ‘chefe’ são bem menos valorizadas - e eficazes - que as de ‘líder’. 
 
O que é importante na consolidação de uma liderança é o refino de habilidades próprias, através do desenvolvimento contínuo rumo à compreensão da ‘arte de envolver pessoas’, como escreveu Dale Carnegie, em 1936, no seu livro ‘Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas’, desde então, com mais de 50 milhões exemplares vendidos. 
Disponível para compra on line em www.amazon.com.br e em lojas fisicas (Grafipel/Jaraguá do Sul, Livrarias Catarinense/Santa Catarina e Livrarias Curitiba/Paraná). Também, com dedicatória personalizada, diretamente com o Autor EMÍLIO DA SILVA NETO
 
 
Um verdadeiro líder estabelece uma visão clara e, em seguida, orienta sua equipe para essa visão, capacitando-a e treinando-a para o sucesso. Mas, para isso, há que haver um compromisso genuíno de, realmente, querer sempre melhorar a capacidade de liderança.
 
Grandes líderes têm qualidades como, por exemplo:
  1. motivam a equipe com missão e visão convincentes
  2. têm firmeza para provocar resultados
  3. definem claramente as responsabilidades
  4. criam relacionamentos baseados na confiança, diálogo aberto e total transparência
  5. tomam decisões com base em produtividade, não em política
  6. são bons mestres e treinadores, capacitando seus times
  7. têm interesse no sucesso e bem-estar pessoal dos membros da equipe
  8. são bons comunicadores
O bom disso tudo, é que essas habilidades podem ser treinadas, mediante comportamentos como, por exemplo:
  1. ser firme, nunca autoritário, na delegação de funções e tarefas,  apenas sugerindo/mostrando caminhos, de forma a estimular a criatividade e proatividade da equipe
  2. falar bem e ouvir melhor ainda, ou seja, estar interessado para tornar-se interessante
  3. avaliar, mas sem arrogância
  4. descobrir oportunidades a partir de falhas, desenvolvendo a resiliência
  5. aprender com tudo, todos os dias, acertando ou errando
Mais importante que estas qualidades e posturas, contudo, é a ação. Ou seja, não ficar, ‘sentado’ à espera do ‘momento certo’ e, sim,  sempre, avançar, pois, de passo em passo, chega-se à liderança de sucesso. Afinal, o hoje é o amanhã sobre o qual cada um se preocupou ontem ...