Incríveis 550 km é a autonomia do novo ID.3: elétrico da VW

A ideia é entregar tecnologia, mobilidade sustentável, segurança e desempenho ao preço inicial de 30 mil euros...

14 Set 2019 - 07h00Por Rafael Benkendorf

Com dimensões próximas das de um Golf, a Volkswagen vem com tudo no segmento de veículos verdes com o lançamento do elétrico ID.3. Apresentado este ano no Salão de Frankfurt, o modelo ganha destaque pelo fato de ter posicionamento relativamente acessível e ser o primeiro construído sobre a plataforma modular MEB. Nos próximos 10 anos outros 20 serão lançados dentro da mesma proposta.

O novo elétrico da Volkswagen mede 4,26 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,55 m de altura e 2,76 m de entre eixos. Batizado de Open Space, o conceito de espaço interno permite acomodar confortavelmente 5 pessoas e levar 385 litros de bagagem. Outros dados revelam peso inicial de 1.719 kg, capacidade de carga de 416 kg a 541 kg, raio de giro de apenas 10,2 metros e coeficiente de arrasto (Cx) de 0,267.

A ideia é entregar tecnologia, mobilidade sustentável, segurança e desempenho ao preço inicial de 30 mil euros, preço eu ainda pode cair com a concessão de incentivos ficais. Em todos os modelos, as baterias terão garantia de fábrica de 8 anos ou 160 mil km. Os componentes são instalados na base do veículo e geram efeito positivo direto em características como aproveitamento do habitáculo e dirigibilidade, uma vez que reduzem consideravelmente o centro de gravidade.

Em relação ao design, a VW projetou o ID.3 para que ele seja tão icônico quanto modelos como Fusca e Golf. Chama atenção o conceito definido pela marca como "luzes são os cromados do futuro", onde diversos pontos de iluminação em LED substituem os tradicionais complementos brilhantes. No interior, o nível de tecnologia embarcada impressiona. Todos os controles - incluindo os comandos do volante multifuncional eletricamente ajustável - são operados por meio de funções sensíveis ao toque. Apenas os controles dos vidros elétricos e luzes de alerta de perigo são controlados por interruptores táteis.

As vendas iniciam na Alemanha em meados de 2020. Depois do ID.3, a expectativa da Volkswagen é investir 9 bilhões de euros em mobilidade elétrica até 2023 e produzir mais de 10 milhões de veículos EV nos próximos dez anos, num total de 20 diferentes modelos.

Fonte: Volkswagen