Dificuldade para respirar durante o sono? A cirurgia de adenoide pode ser a solução

Com a retirada do órgão ocorre a melhora da qualidade da respiração, principalmente, noturna.

19 Nov 2019 - 16h35Por Marcio Freitas

Obstrução nasal e roncos intensos são sinais de que algo não está bem com a adenoide, conhecida também como “carne esponjosa”. O órgão está localizado na região posterior ao nariz e liga a cavidade nasal com a garganta. 

A adenoide é um conjunto de tecidos linfáticos, responsável por produzir anticorpos para combater infecções e proteger o corpo. Porém, pode ficar sobrecarregada de bactérias, o que ocasiona inchaço, inflamação e dor. A doença é mais frequente em crianças, mas adultos também podem sofrer com o incômodo. 

O médico especialista é quem fará o diagnóstico do problema e indicará se o tratamento será com antibióticos ou através de cirurgia. O procedimento cirúrgico de adenoidéctomia é recomendado quando as inflamações são recorrentes ou quando a adenoide é muito grande e dificulta a respiração. 

A remoção ocorre com anestesia geral, sendo uma operação simples e com rápida recuperação. A retirada é pela boca, sem necessidade de cortes na pele. A cirurgia ainda pode ser feita junto a outros procedimentos, como a retirada das amídalas ou de desvio de septo. Dessa maneira, também tende a melhorar problemas com obstrução nasal, roncos e de apneia noturna, que ocasiona a parada da respiração durante o sono.