Cuidados necessários antes de ir para a mesa cirúrgica

Preparação garante saúde e melhores resultados

20 Nov 2019 - 12h00Por Josinaldo Martins

Realizar uma cirurgia plástica é uma grande decisão. Além da ansiedade pelo resultado desejado, é preciso preparação física e psicológica do paciente antes do procedimento para encarar a mudança no corpo e na vida. 

Os cuidados pré-operatórios vão desde a pesquisa pelo profissional até a análise da opção que melhor se encaixa com as necessidades. Outro fator importante é a alimentação, essencial para que o organismo esteja saudável, impactando na recuperação mais breve e com menos desconforto. 

Além disso, o cirurgião plástico pode dar orientações conforme a saúde de cada paciente e de acordo com a operação. Na coluna de hoje, vamos dar algumas dicas para ajudar nesse processo preparatório:

- Escolha do profissional: opte sempre por um médico habilitado pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica). Isso representa garantia de segurança e credibilidade em qualquer procedimento.

- Investigação de fatores de risco: o cirurgião plástico deve investigar, antes do agendamento da operação, o histórico de doenças, cirurgias anteriores, alergia, etc. Fatores como tabagismo e alto consumo de álcool afetam a cicatrização, por isso, é essencial informar tudo ao médico!

-  Escolha da cirurgia: entre as diversas opções disponíveis no mercado, o ideal é pesquisar e conversar com o cirurgião para definir a alternativa correta. 

- Adotar novos hábitos: a alimentação precisa ser equilibrada, pois impacta na recuperação. Sendo assim, é recomendado reduzir comidas gordurosas e açucaradas e incluir no cardápio cereais integrais, frutas, verduras, legumes, leite e alimentos ricos em ferro, como feijão, aves e peixes. A hidratação e o uso de cremes tópicos aplicados na região que será operada deixam a pele mais elástica, diminuindo o surgimento de estrias. 

- Cigarro: se o paciente for fumante terá que largar o cigarro por, pelo menos, quatro semanas antes do procedimento, já que ele interfere na circulação sanguínea. 

Independentemente dessas dicas, siga corretamente as indicações prescritas pelo seu médico para o pré-operatório e período de recuperação.