Conhecendo os modelos de esquadrias

Primeiramente, o que são esquadrias? São todas as aberturas de uma construção, como portas, janelas e portões. O material e tipo de abertura dizem muito sobre o estilo da casa e de seus moradores.

01 Jan 2020 - 07h30Por Eixo 11 Arquitetura

Faz algum tempo que não existem apenas esquadrias de madeira, e isso se dá devido ao avanço da tecnologia e pesquisas realizadas na área da construção civil. Atualmente, há esquadrias de aço, vidro, alumínio e PVC, que possuem suas vantagens e desvantagens.

Sucintamente, as esquadrias de madeira são as mais tradicionais e também a com maior variedade de fornecedores, acabamento e valores, mas não são recomendadas em áreas úmidas ou com forte incidência de luz solar, pois podem estragar. As portas e janelas feitas com aço são mais robustas e resistentes, porém, são pesadas e difícil de se manusear, além de também estarem sujeitas as alterações climáticas, alterando seu tamanho conforme a temperatura.

Esquadrias feitas com alumínio são resistentes as variações climáticas e à corrosão, são leves e possuem grande variedade de acabamentos, mas deixam a desejar no quesito de isolamento térmico e acústico (havendo modelos e técnicas que podem ser aplicadas para aprimorar seu desempenho). Por outro lado, aquelas que são feitas com pvc possuem ótimo isolamento termoacústico, são leves, com ampla variedade de acabamentos e sustentáveis, mas o custo é mais elevado que os demais materiais.

Por fim, esquadrias que utilizam como material principal de fechamento o vidro fornecem maior integração da área externa com a interna, porém são frágeis e não são bons isolantes térmicos.

Falando em aberturas, as esquadrias também variam na forma de abrir. As portas podem ser de abrir, de correr (quando corre a partir de um trilho no chão ou no teto), pivotante (gira em torno do próprio eixo), sanfonada (semelhante a uma sanfona, recolhendo-se para um dos lados) e camarão (divididas em duas ou mais partes, ficando uma sobre a outra).

Por fim, esquadrias que utilizam como material principal de fechamento o vidro fornecem maior integração da área externa com a interna, porém são frágeis e não são bons isolantes térmicos.

Falando em aberturas, as esquadrias também variam na forma de abrir. As portas podem ser de abrir, de correr (quando corre a partir de um trilho no chão ou no teto), pivotante (gira em torno do próprio eixo), sanfonada (semelhante a uma sanfona, recolhendo-se para um dos lados) e camarão (divididas em duas ou mais partes, ficando uma sobre a outra).